quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Projeto musical do Governo do Maranhão prega segregação religiosa

 

Chico Gonçalves secretário de Direitos Humanos do Maranhão 

A Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular-SEDIHPOP, comandada pelo petista Chico Gonçalves,  administra  o projeto Maranhão musical que faz doações  de kits de instrumentos musicais  a "instituições religiosas".

No caso, para o governo do estado do Maranhão só existe um  segmento de  organização religiosa, à cristã, como é mostrado no site de inscrição do programa segregador, que pede para informar a igreja pertecente do inscrito.

Então  se sua religião  é tambor de mina , Umbanda,  judaica, kardecista ou qualquer  outra que não seja católica ou luterana, não  pode participar do programa  feito pela secretária  de "DIREITOS HUMANOS".

O Brasil tem normas jurídicas que visam punir a intolerância religiosa. No Brasil, a Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, alterada pela Lei nº 9.459, de 15 de maio de 1997, considera crime a prática de discriminação ou preconceito contra religiões.

Em tempo: o Brasil é um país laico, na teoria o Maranhão também deveria ser ...

2 comentários:

  1. O Programa Maranhão Musical é um projeto da Secretaria de Cultura (SECMA) que faz aquisição de instrumentos musicais para serem doados para artistas, comunidades das igrejas e de terreiros.
    A Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) não faz o credenciamento das instituições e não tem envolvimento com o edital do projeto musical.
    Para mais informações, entre em contato com a SECMA.

    ResponderExcluir
  2. Fake News!!! Chico já se posicionou que a Sedihpop não executa programa musical. Faça a correção, caso contrário parece q foi notícia plantada.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!