sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Flávio Dino tem dez prefeitos para chamar de seu?

A 76 dias de descer as escadarias do Palácio dos Leões pela última vez, Flávio Dino de Castro (PSB) desponta como favorito a ocupar a cadeira de Roberto Rocha no Senado Federal a partir de 2023.

Talvez por incompetência dos opositores; quem sabe pela falta de postulantes com disposição para assumirem abertamente o interesse pela disputa de senador; possivelmente em razão do medo de serem alvejados pela máquina de perseguição político-judicial capitaneada pelo governador... Enfim, o fato é que as pesquisas mostram Dino navegando em céu de brigadeiro tanto no que se refere à aprovação de governo quanto no que diz respeito à corrida pelo Senado. A bem da verdade, o favoritismo dele até já foi maior, mas não deveria nunca ser subestimado. 

Acontece que essa vantagem de Flávio Dino tem prazo de validade. E tudo deve mudar a partir do dia 31 deste mês, quando Dino confirmará – ou não – Carlos Brandão como sua opção pessoal para o governo estadual, passando por cima das regras que ele próprio estabeleceu, dos partidos, de forças políticas, da preferência da maioria da bancada federal aliada, das lideranças do interior e da vontade popular manifestada em todas as pesquisas eleitorais divulgadas até o último dia do ano passado. 

A partir de então descobriremos o real tamanho político do líder que governou o Maranhão nos últimos sete anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!