segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Após ser beneficiado pelo Governo Dino, Ilson Mateus tenta cercar o Mercadão Meneses

Megaempresário Ilson Mateus tenta a todo custo fechar as portas do Mercadão Meneses

Há suspeitas em favorecimento de compra e vendas de cestas básicas na rede Mateus

Após conseguir ser beneficiado no governo Flávio Dino (PSB), o empresário Ilson Mateus vai com gosto de gás para tentar fechar as portas do Mercadão Meneses “O Mais Barato do Brasil”. Não é de hoje que o megaempresário tenta tomar o mercado do Meneses – ele já abriu um Mateus e Eletro no Maiobão e agora vai abrir a terceira loja nas redondezas da Estrada de Ribamar, onde já tem um no Lima Verde, El Camiño e agora está levantando um Atacadão ao lado do Meneses.

O empresário Ilson Mateus ganhou a condição de beneficiário na Lei 234 / 2017, encaminhado pelo governador Flávio Dino, beneficiando Centros de Distribuição - CD, com o pagamento de alíquota de apenas 2% no ICMS e desde 2018, o empresário Ilson Mateus “deita e rola” com a jogada do governo Dino.

Com o apoio do governo Dino, muitos estabelecimentos maranhenses fecharam as portas, e concomitante a isso, outros atacadistas, a exemplo do Meneses pagam alíquotas de impostos mais altas.

A verdade é que nestes sete anos de governo, Flávio Dino “deitou e rolou”, em sacrificar o povo, mudando por diversas vezes as alíquotas do ICMS, beneficiando a poucos e sacrificando milhares de maranhenses.

Em tempo: enquanto Ilson Mateus paga 2% de ICMS, demais atacadistas variam em pagamentos de 12 a 17%.

E mais: durante pouco mais sete anos, o governador Flávio Dino brincou de mudar as regras do ICMS, que torna o estado inviável para investimentos, por isso nenhum empresário quer vir para o Maranhão com esta alta carga tributária.

Pra fechar: os maranhenses foram castigados pelos impostos de Flávio Dino; o ICMS na conta de luz é de 28% e na gasolina é de 30,5% - uma vergonha!!!

F.U.I: além disso, o Blog investiga uma relação promíscua entre o Governo Dino e compras de cestas básicas na Rede Mateus, onde há suspeitas de venda direcionada e fraude em notas fiscais.    

4 comentários:

  1. Para os amigos, osfavores da lei, e para os "inimigos", os rigores da lei...! É o meu Brasil!!!!

    ResponderExcluir
  2. Esses servidores da JFMA devem procurar e dormir e largar de babar ovo de Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  3. Comunista safado. Tem botar esse safada pra correr.

    ResponderExcluir
  4. Chega desses políticos nos levar como techa. O Datena diz: é só no nosso? Vamos botar no deles, amigos...

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!