segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Prefeito Eduardo Braide vai contemplar 81.360 crianças com o Cartão Alimentação Escolar

Prefeito Eduardo Braide aguarda aprovação de projeto do “Cartão Alimentação Escolar”

 

Prefeito Eduardo Braide assinou o Projeto de Lei que cria o benefício 

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PODEMOS), encaminhou à Câmara Municipal, na última quinta-feira (18), o Projeto de Lei que cria o “Cartão Alimentação Escolar”, destinado aos alunos da rede pública municipal de ensino.

De acordo com o Censo Escolar, levantado pelo Blog, aponta que a rede municipal de educação conta com 81.360 estudantes regularmente matriculados. Nas creches de São Luís tem 3.878 estudantes, a pré-escola tem 9.878.

No ensino fundamental, matriculados na 1ª série tem 6287; 2º ano, com 7.205; 3º com 8.570; 4º ano com 8.590; 5º ano com 9.427; 6º ano com 9.291; 7º com 7.511; 8º com 6.347 e 9º ano com 4.905 estudantes informados no sistema Educacenso / 2020.

Após o anúncio, o prefeito Eduardo Braide afirmou que o Cartão Alimentação Escolar vai auxiliar financeiramente as famílias na hora de garantir a alimentação de seus filhos.  

“Com o Cartão Alimentação Escolar vamos auxiliar financeiramente as famílias dos nossos alunos matriculados na rede municipal. Uma iniciativa do nosso governo para dar mais autonomia aos pais e responsáveis dos alunos na hora de garantir a alimentação de seus filhos”, afirmou o prefeito.

O Cartão Alimentação Escolar consiste no pagamento de auxílio financeiro no valor mensal de R$ 80,00 (oitenta reais), por aluno matriculado na rede pública municipal.

Ainda de acordo com o projeto, o auxílio será concedido de forma retroativa. Cada aluno receberá um cartão no valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais), referente aos meses de agosto a dezembro.

Tudo indica que antes do Natal, todas a famílias já devem estar de posse dos Cartões com o crédito de R$ 400,00 para realizar compra de alimentos.

O consumo deve ser restrito a gêneros alimentícios, não sendo possível efetuar saque dos valores creditados no cartão.

“Além do auxílio financeiro às famílias dos nossos alunos, com o Cartão Alimentação Escolar vamos movimentar o comércio local, uma vez que a rede de atendimento está em vários pontos da cidade, um incentivo importante nesse processo de retomada da economia”, completou o prefeito Eduardo Braide.

Assim que for aprovado o projeto de lei pela Câmara Municipal de São Luís, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) irá providenciar os procedimentos para a entrega dos cartões. 

Em tempo: o vereador Álvaro Pires (PMN), já havia apresentado um Projeto de Lei que autorizava a Prefeitura de São Luís a utilizar os recursos da alimentação escolar, tanto dos repasses federais como o custeio municipal para servirem às famílias de estudantes da rede municipal;

E mais: o PL foi apresentador no mês de março enquanto estava com medidas severas de restrições;  

Pra fechar: esta ajuda com o Cartão Alimentação Escolar vai mudar a triste realidade da falta de comida na mesa de milhares de famílias ludovicenses. Deus abençoe!

Um comentário:

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!