sábado, 31 de julho de 2021

Cassação: Dino monta gabinete de crise

Sobressaltado com a possibilidade de perder o mandato e de ser condenado à inelegibilidade, o governador Flávio Dino montou um gabinete de crise para acompanhar de perto os desdobramentos das ações contra seu mandato que correm junto ao Tribunal Superior Eleitoral.

Acusado de usar a máquina pública para reeleger-se em 2018, o comuno-socialista constituiu os advogados Carlos Sérgio de Carvalho, Rodrigo Lago, Carlos Lula, Pedro Chagas e Antônio Nunes para acompanharem de perto os processos que podem ejetá-lo, junto com o vice-governador Carlos Brandão, do Palácio dos Leões e da disputa eleitoral do ano que vem.

O grupo é coordenado pelo próprio governador, que considera real a possibilidade de ser defenestrado da política maranhense por pelo menos uma década. 

O jornalista Marco Aurélio Nunes Deça informou em seu site que o governador reuniu a equipe na semana passada para tratar sobre o assunto. 

Segundo o credenciado blogueiro de política, Dino não quer cometer os mesmos equívocos que levaram Jackson Lago à cassação em 2009.

Um comentário:

  1. Todos os servidores de todo o Estado do Maranhão estão torcendo por isso.
    Flávio Dino é o maior picareta que o Maranhão já teve como governador.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!