sexta-feira, 18 de junho de 2021

 

A saída destrambelhada de Flávio Dino do PCdoB deve ter consequências devastadoras para o partido no Maranhão.

Nos próximos dias, sem a presença do líder máximo do comunismo maranhense, uma debandada de deputados, prefeitos, vereadores e lideranças deve reduzir o PCdoB ao que ele realmente é: uma legenda nanica.

De imediato, pelas contas do Blog, cerca de 20 políticos devem deixar a legenda. 

Othelino Neto, Rubens Pereira Júnior, Jefferson Portela, Professor Marco Aurélio, o secretário Ricardo Capelli, Carlos Lula, Rodrigo Lago e companhia bela devem deixar a legenda comunista.

Com isso, a relevância da legenda no debate sucessório deve ser ínfima, pautada apenas pelos interesses do comunista-mor Márcio Jerry, que sonha em reeleger-se ou conseguir um penduricalho político em uma chapa majoritária.

Depois de usar e abusar da doutrina marxista por 15 anos e conquistar os cargos de deputado e governador abrigado no PCdoB, Dino decreta a extinção da legenda à véspera do seu centenário.

Por isso a mágoa de Walter Sorrentino, Manoela D’avila, Orlando Silva e Luciana Santos com o governador maranhense.

Que fim deprimente!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Assembleia Legislativa do Maranhão

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook