sexta-feira, 25 de junho de 2021

 

Ansioso para sentar-se na cadeira do governador Flávio Dino, o vice Carlos Brandão já articula nos bastidores a escolha dos nomes que devem auxiliá-lo a partir de abril de 2022. 

O ex-governador José Reinaldo Tavares, o ex-prefeito Luís Fernando Silva (São José de Ribamar) e o irmão de Carlos Brandão, Zé Henrique (ex-prefeito de Colinas) devem compor o principal núcleo de poder do Palácio dos Leões a partir de momento que Dino deixar o governo.

Luís Fernando Silva é tratado informalmente como o próximo secretário da Casa Civil. O ex-prefeito de Ribamar acredita ainda que indicará os nomes da Comunicação (Matias Marinho), Educação e Saúde (Tiago Fernandes e Eudes Sampaio). 

A Zé Reinaldo Tavares caberá a articulação política. Informalmente, o ex-deputado Rubens Pereira, o adjunto da Articulação Política, Fábio César, e o ex-titular da Secap, Ednaldo Neves, já atuam na costura de alianças do vice-governador. Entretanto, o fato de ter sido governador deve prevalecer em favor de Tavares. 

O irmão do vice-governador não esconde o interesse pelas áreas relacionadas a obras. As pastas de Cidades, Infraestrutura e de Mobilidade Urbana estão na mira de Zé Henrique.

Sarney Filho e Roberto Rocha também devem ter espaços no governo Brandão; o primeiro na área do Meio Ambiente, o segundo no comando da Gasmar ou do Itaqui.

Em tempo: É assim que Carlos Brandão começa a costurar o secretariado de seu governo tampão em busca de apoios políticos para concorrer à reeleição.

Um comentário:

  1. Como assim? Ja tá eleito? Ele tdm bola dd cristal?
    Alguém avise pra ele que vai ter voto auditável!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Assembleia Legislativa do Maranhão

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook