terça-feira, 18 de maio de 2021

A expectativa em torno da saída de Flávio Dino do Palácio dos Leões para concorrer a vaga no Senado Federal tem servido como catalizador para aproximar o vice-governador Carlos Brandão de secretários e auxiliares de segundo e terceiro escalão da gestão comunista. 

Alguns dos auxiliares de Dino que externam publicamente a preferência pela “continuidade” do governo Brandão buscam apenas garantir seus contracheques pelo menos até o final de dezembro do ano que vem.

Outros, de olho em cadeias na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, querem manter indicados, contratos e estrutura junto ao executivo estadual, visando garantir as condições para concorrerem no pleito que se avizinha. 

A foto que ilustra o post mostra o entusiasmo de parte do staff comunista com a ascensão do novo chefe. Nela, Ricardo Capelli, Clayton Noleto e o desportista Rogério Cafeteira trocam cotoveladas para serem clicados ao lado do vice. Os três assistiam, no domingo (15), a partida final do Campeonato Maranhense na residência oficial de Brandão. 


No Palácio, nomes como Ednaldo Neves, André Vitral, Marcelo Tavares, Rodrigo Lago, Luiz Fernando  Silva, Simplicio Araújo e Augusto Lobato não escondem a preferência por cargos, manutenção de favores e contracheques, ainda que isso custe contrariar a escolha de Dino para a própria sucessão.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Assembleia Legislativa do Maranhão

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook