quinta-feira, 18 de março de 2021

Escândalo! Decisão de conselheiro do TCE beneficiou empresários e estipulou validade de créditos em São Luís

Decisão do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão garantiu a expiração dos créditos de passagens em São Luís

Uma estranha decisão do conselheiro Edmar Cutrim vem causando R$ milhões em prejuízos aos usuários de transporte coletivo na Capital do Maranhão e garantindo um grande aporte financeiro aos empresários que operam o Sistema de Transporte de Passageiros de São Luís.    

Em sua decisão, no Processo: 10479 / 2019, o conselheiro Edmar Cutrim determinou, a pedido do empresariado da Capital, que todos os créditos de adquiridos por meio do Sistema de Bilhetagem Eletrônica, a contar de 31 de agosto de 2016 (antes do contrato de licitação), fossem bloqueados, ou seja, o dinheiro ficou com os empresários – que desde sempre recebem o pagamento das passagens de forma antecipada.

Além disso, Edmar Cutrim garantiu que desde 2016, ano a ano. Após transcorrer 365 dias após a sua aquisição, mesmo que ainda não tenham sido utilizados, os créditos devem ser bloqueados no sistema, evitando assim sua utilização após a validade.

Portanto, como se vê na decisão, milhares de usuários, trabalhadores, estudantes foram e estão sendo prejudicados.

Em tempo: estima-se que desde 2016, esta decisão lucrativa aos empresários já rendeu cerca de R$ 10 Milhões.

E mais: trabalhadores e estudantes perderam muito dinheiro com a usurpação destes créditos.

Pra fechar: na próxima postagem vamos trazer à tona o resultado de toda investigação que estamos fazendo – coisa cabeluda!!!

Um comentário:

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!