quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

 


Já tramita na Câmara Municipal de São Luís, a proposta do vereador Álvaro Pires (PMN), encaminhada ao Executivo Municipal que Cria a “Secretaria Municipal de Indústria Portos e Energia de São Luís” – SEMIPE.  De acordo com o Requerimento, o vereador conclui que a matéria corrige um histórico e prejudicial vácuo no âmbito do Executivo Municipal nestas três áreas estratégicas para o desenvolvimento e geração de emprego e renda, haja vista que ao longo de anos, São Luís se afastou do necessário protagonismo portuário, industrial e energético, uma vez que deixou de atuar como parte interessada no desenvolvimento destas áreas importantes.

“Na ausência da Prefeitura da São Luís, o Governo do Estado do Maranhão protagoniza solitariamente o desenvolvimento da nossa Zona Portuária, Industrial e Energética da maior cidade maranhense. Que tal qual Cingapura, São Luís se apresenta com uma vocação portuária de valor imensurável e estratégico, não apenas para o Brasil, mas para o mundo, com portos de grande calado e no centro da geopolítica mundial, muito próximo dos Estados Unidos, da União Europeia, China e do canal do Panamá. O mundo inteiro está atento aos portos de São Luís e o Executivo Municipal não pode e nem deve deixar de ser protagonista do desenvolvimento portuário que tem previsão de investimentos bilionários em dólares nos próximos anos, gerando milhares de postos de trabalho na capital ludovicense”, afirma o vereador Álvaro Pires.

O vereador vislumbra alavancar a geração de emprego e renda, aumento de arrecadação municipal e gerando oportunidade de grandes investimentos, pelo simples fato da  criação de uma cidade portuária administrada e gerenciada pela Prefeitura de São Luís, por meio SEMIPE. 

“Apenas o Porto do Itaqui, atualmente administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, que movimentou no ano de 2020 mais de 25 milhões de toneladas de produtos entre soja, milho, celulose e fertilizantes. O Porto da Madeira - PDM de propriedade privada da Vale, por sua vez, exporta mais de 200 milhões de toneladas de minério de ferro / ano, com  a característica de ser um dos dois únicos portos do mundo a receber navios com 23 metros de calado.  O Porto da Alumar, administrado pelo consórcio de alumínio do Maranhão, exporta mais de 4 milhões de toneladas de alumina por ano”, garante o vereador. 

Em recente reunião com professores e pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, o vereador ampliou o debate com quem realmente estuda e entende do assunto e recebeu a proposta de ampliar o a formatação da implantação do Zoneamento Costeiro de São Luís, tudo para fundamentar a instalação da Secretaria de Indústria, Portos e Energia.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook