sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

 Fazendo parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro, na visita a cidade de Alcântara, que aconteceu Ontem (11), para a entrega de títulos de terras, o deputado federal Edilázio Júnior  (PSD), tentou de forma equivocada atacar  o governador Flávio Dino.


Em um video postado em uma das suas redes socias ele comemora o rompimento de uma negligência de 40 anos segundo ele. Sendo que o parlamentar faz parte e apoia o grupo político que comandava o Maranhão há 40 anos, grupo Sarney, principal base de Edilázio.

Por ele ter sido deputado  estadual no Maranhão por vários mandatos, então o próprio  deputado fez parte assiduamente dessa tal "negligência".

  Edilázio Júnior é o deputado que defendeu a segregação da península,  que não queria que o governo construísse  um cais próximo ao espigão  costeiro, pela simples questão de achar que ali não  é lugar de "povão", que ia atrair pessoas de baixa renda, que aquele lugar era para os moradores e amigos da alta classe maranhense colocarem suas lanchas e barcos.

O intuito  do cais, era dar fluidez  e agilidade as travessias para Alcântara e assim ajudar a população que precisa fazer essa rota. Veja a fala do deputado sobre essa questão:


“Se fosse aquilo ali ia ser muito bacana que cada um poderia ter sua lancha, poderia ter seu barco, seria já algo a mais para agregar à Península da Ponta D’Areia. Mas, o que de fato vai trazer, o público que vai vir pra cá, é um público que não tem nada a ver com vocês, NÃO TEM NADA A VER COM A GENTE e sem desmerecer, que não entendam mal, MAS O QUE VAI VIR PRA CÁ É O PÚBLICO C e não adianta falar de turismo, que não tem turista”, questionou Edilázio, sobre a instalação do cais, de uma certa forma defendeu  um tipo de "APARTHEID", veja o vídeo:





2 comentários:

  1. Aonde reside a mentira nesse vídeo??? Ou o governador vai investir mais de R$1.300.000 em educação ou em alimentação dos menos favorecidos???
    O povo tá de olho, meu caro!
    Que venha a Polícia Federal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, Edilázio Júnior é o deputado que defendeu a segregação da península, que não queria que o governo construísse um cais próximo ao espigão costeiro, pela simples questão de achar que ali não é lugar de "povão", que ia atrair pessoas de baixa renda, que aquele lugar era para os moradores e amigos da alta classe maranhense colocarem suas lanchas e barcos. O povo naô esqueceu , e vamos dá á resposta pra esse traira.

      Excluir

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Assembleia Legislativa do Maranhão

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook