segunda-feira, 17 de agosto de 2020

MDB diminuiu e deputado federal afirma que dirigentes são “centralizadores”

Dados do próprio MDB mostram que, na última janela partidária antes das eleições, o MDB perdeu 137 prefeitos, ou 13% do total anterior de 1.050. O levantamento do GLOBO, com dados do Tribunal Superior Eleitoral - TSE, aponta que esses políticos se filiaram a outros partidos, principalmente ao DEM, PSDB e PSD.

No Maranhão, o partido, que é comandado por Roberto Costa e João Alberto, só tem uma sede e andam com o estatuto debaixo do “suvaco”, tentando a todo custo negociar espaços, até mesmo dentro da própria gestão do comunista Flávio Dino (PC do B).  Reveja no Link abaixo.

https://www.filipemota.com.br/2020/08/deputado-roberto-costa-tenta-leiloar.html

Este levantamento que comprovam o total enfraquecimento do MDB, está alicerçado no “modus operandi”, na qual os “dirigentes” Roberto Costa e João Alberto, levam o partido. Por isso, a crítica do deputado Federal Hildo Rocha (MDB), vai ecoar tanto no Maranhão, como no comando nacional do partido. Segundo ele, o presidente atual no estado (João Alberto, aliado de Sarney) é “muito centralizador” e “não soube manter os prefeitos”.

Veja abaixo, o infográfico realizado pelo O Globo


Em tempo: sem espaços junto à direção nacional, tudo indica que atuais "dirigentes" do MDB, devem estar de retirada. 

E mais: para o deputado Roberto Costa é uma boa hora para se filar ao PC do B. 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook