terça-feira, 7 de julho de 2020

Com o intuito de proporcionar apoio psicológico para amenizar os danos causados pela Covid-19, o Projeto Emaranhando Vidas promoverá, a partir do dia 15 de julho, a primeira turma do curso “Gerenciamento de Emoções: Saúde Emocional e Comunidade Escolar”. O curso será voltado para estudantes e professores de escolas da rede pública, localizadas em municípios onde a ocorrência de casos confirmados da Covid-19 foi maior, causando danos emocionais às pessoas dessas regiões. As inscrições poderão ser feitas pela Plataforma E-PROINFO até o dia 13 de julho.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) selecionou as escolas e enviou a relação para os gestores. Cada gestor fez a indicação do aluno e professor para participar do curso. O curso será realizado por meio da Plataforma Digital e tem como principal objetivo dar suporte emocional e formar multiplicadores nessas comunidades escolares.

Essa é a primeira turma e posteriormente serão ofertadas novas turmas para possibilitar que gestores, coordenadores e técnicos da Seduc também possam participar. A temática abordará assuntos como depressão, ansiedade, bullying, violência doméstica, entre outros temas e terá a participação de coordenadores e tutores no auxílio dos cursistas.

A psicóloga Maria Jucilene Silva, coordenadora do Projeto Emaranhando Vidas, destacou a importância do curso para auxiliar as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade causada pela pandemia do novo coronavírus.

“Estamos muito felizes em podermos proporcionar esse curso à comunidade escolar e oferecermos esse suporte psicológico, visando contribuir para o aumento da qualidade de vida de todos que compõem a Rede Pública Estadual de Ensino do Maranhão. Estamos vivendo dias difíceis em que a saúde mental das pessoas está vulnerável, em função de fatores econômicos, políticos e sociais e ainda, do contexto pandêmico em que estamos vivenciando”, ressaltou.

Projeto

O Projeto Emaranhando Vidas é promovido pela Seduc e tem como objetivo promover ações e atividades de caráter formativo, educativo-informativo, junto a profissionais da educação, pais e estudantes, visando à promoção e prevenção da saúde mental nas escolas.

Oficialmente, o projeto foi lançado no dia 3 de julho e ofertará, também, Serviço de Psicologia e Psicopedagogia por meio de agendamentos e acompanhamento de forma online, para alunos, professores, gestores e demais servidores que estão em situações de intensa vulnerabilidade.

O serviço de acompanhamento constitui-se de sessões emergenciais, por meio da Psicoterapia Breve, técnica psicológica que visa em curto tempo, ajudar o paciente a se rearmonizar emocionalmente, sair do estado crítico da demanda apresentada e ser encaminhado a algum órgão parceiro para a continuidade de seu tratamento, caso seja necessário.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook