terça-feira, 23 de junho de 2020

No ano de (2013), primeiro ano de mandato do reeleito prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior (PDT), o jovem doutor Yglésio Moysés foi chamado para assumir o cargo de diretor  do Hospital Socorrão 1, cargo esse que só  conseguiu permanecer 7 meses antes de ser exonerado.
Em meio a inúmeras polêmicas e sendo detestado por grande parte dos colaboradores do Socorrão,  inclusive  com 3 meses houve uma manifestação inédita dos funcionários do hospital pedindo a saída  do hoje deputado Dr. Yglésio Moysés, pelo motivo de uma suposta declaração onde ele teria dito que eles seriam "porcos" e que o recurso enviado pelo  Sistema Único  de Saúde (SUS), para complementar  a remuneração  dos funcionários iria ser aplicado na compra de novos equipamentos. Na época ele  negou ter feito essas afirmações.
 
Yglésio também se indispôs com o Ministério Público, ao se mostrar resistente à realização de uma vistoria do órgão e do Conselho Estadual de Saúde ao hospital.
Problemas que culminaria  com a sua exoneração do cargo de diretor, na época o hoje deputado estadual, ainda falou que seria outro os motivos da sua repentina exoneração e que iria explicar em uma coletiva de imprensa, fato esse que nunca aconteceu.
Hoje o Médico e deputado é pré candidato a prefeito de São Luís , nas eleições 2020 e será  uma opção de voto para os ludovicenses, tudo indica que o passado foi superado...

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Prefeitura de São Luís - VACINAS

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook