sexta-feira, 26 de junho de 2020

A educação do Maranhão, que já apresentou os piores indicadores no cenário nacional, agora sai na vanguarda, mais uma vez, pela melhoria no desempenho de suas políticas e resultados educacionais. Dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), divulgados à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), nesta semana, apontam que o estado alcançou os maiores resultados em termos numéricos absolutos no âmbito da Amazônia Legal Brasileira, nas estratégias Busca Ativa Escolar e Indicadores da Qualidade na Educação Infantil (Indique).
Entre os 9 estados que compõem a região da chamada Amazônica Legal, o Maranhão foi o que obteve o maior número de rematrículas de estudantes que estavam fora da escola. Ao todo, 4.453 crianças foram reinseridas no sistema educacional através do Busca Ativa Escolar no estado, com a parceria Seduc e Unicef, dentro do Pacto pela Aprendizagem, instituído pelo Governo do Estado.
“O Maranhão tem conquistado uma vitória exemplar no ‘Busca Ativa Escolar’ e no ‘Indique’, a estratégia que o Unicef propõe aos municípios para um processo de avaliação da qualidade da educação infantil. O Maranhão, através do compromisso e da dedicação de toda equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação, com a parceria de todas as secretarias municipais de educação e as equipes que fazem parte do selo Unicef, se tornou o estado com o maior número de crianças rematriculadas, com a maior participação de escolas no Indique. Isso significa, de forma muito concreta, que crianças estão sendo matriculadas, rematriculadas e que as comunidades escolares estão avaliando em busca de melhor qualidade de seu desempenho na escola, no ensino infantil”, destacou a Chefe do escritório do UNICEF no Maranhão, Ofélia Silva.
Para Ofélia, os resultados representaram a garantia de direitos e desenvolvimento social para as famílias maranhenses. “Isso é fundamental para aquilo que sonhamos todos juntos, que cada criança tem o direito de estar na escola, de permanecer na escola e que a escola tenha qualidade para oferecer um futuro e um projeto de desenvolvimento para cada criança, para cada família e para o estado inteiro. Parabéns a todos os maranhenses que fazem parte dessa iniciativa. A gente espera com isso estar em outro patamar para começar também a trabalhar o Busca Ativa Escolar e toda a transformação do ensino, inclusive com novas metodologias e estratégias, também na escola da rede estadual, alcançando adolescentes e jovens. Será uma vitória tremenda. Queremos estar junto com vocês e estaremos”, enfatizou.
O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, atribuiu os resultados ao esforço e articulação da Seduc, junto com o Unicef e os municípios maranhenses. “Esses bons resultados foram obtidos conjuntamente, pela parceria com o Unicef e a União de Dirigentes Municipais de Educação no Maranhão (Undime), com esforço e mobilização de todas as redes públicas, para não deixar ninguém de fora do processo educacional. E o mais importante: esses resultados representam um marco para a vida escolar de muitos maranhenses”, comemorou.
De acordo com o Unicef, os resultados educacionais da parceria com o Governo do Estado, no âmbito da Seduc, alicerçam a implementação da estratégia Trajetórias de Sucesso Escolar no Maranhão e a continuidade das ações que já vêm sendo desenvolvidas e que possibilitarão atacar questões como a distorção idade-série e o enfrentamento da cultura do fracasso escolar.
A secretária adjunta de Gestão da Rede e Aprendizagem da Seduc, Nádya Dutra, destaca a importância desse trabalho para a rede pública de ensino maranhense. “O trabalho em parceria com o Unicef fornece ao Maranhão uma base importante para que possamos implementar a Busca Ativa Escolar no Ensino Médio e em toda a educação básica. Falar de Busca Ativa, nesse momento, em meio à pandemia, é fundamental para que o estudante e a família sigam acreditando na escola”, concluiu.
Fonte: Seduc

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook