Parar o coronavírus está em suas mãos

quinta-feira, 7 de maio de 2020
Alessandro Bassani foi preso ao ser indiciado pelo MP por Formação de quadrilha, Sonegação fiscal, Crime contra a ordem econômica, Crime contra as relações de consumo, Desobediência, Defraudações e Falsificação de documento público
Alessandro Bassani foi preso no Rio de Janeiro, após fugir de São Luís
O agora, Alessandro Bassani (antigo Alessandro Martins) é uma lenda viva e exemplo da benevolência das leis no Brasil, no Maranhão, esta aplicação, nem se fala. Envolvido em um dos maiores escândalos do estado, talvez só perca para a CPI do Crime Organizado, que levou à cadeia os ex-deputados Zé Gerardo e Francisco Caíca, o “Caso Euromar”, que teve como protagonista, o então diretor-presidente da concessionária Volkswagen, Alessandro Martins, que  comercializou milhares de carros novos e semi-novos a menor preço por meio de um esquema de vendas que se revelou uma verdadeira fraude, que originou também, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada em março de 2010, pela Assembleia Legislativa do Maranhão – completaram 10 anos.
O empresário surgiu nas redes sociais esbanjado uma vida que criminosos pediram à Deus, num luxuoso apartamento, no décimo primeiro andar, do prédio “Two Tower’s”, na Penísula, em São Luís.  
Na época, Alessandro Bassani foi Investigado também pela Polícia Civil e pelo Ministério Público Maranhão, que logo foi indiciado por Formação de quadrilha, Sonegação fiscal, Crime contra a ordem econômica, Crime contra as relações de consumo, Desobediência (ao fugir de depoimento à CPI, por duas vezes e teve de ser conduzido coercitivamente), defraudações e falsificação de documento público.
https://youtu.be/N5smGhHM98U
Na época, no ano de 2010, Alessandro Bassani teve a sua prisão preventiva decretada pela juíza Oriana Gomes, da 10ª Vara Criminal, e saiu foragido da Capital maranhense e dias depois foi encontrado e preso no Rio de Janeiro, (veja no vídeo acima). Ele ainda tentou fugir mais uma vez, mas não conseguiu. Bassani foi escoltado a São Luís por policiais do Maranhão, ele passou alguns dias na prisão e depois foi solto, afastando-se do meio empresarial e das rodas sociais, com aparições esporádicas nos últimos anos, até que esta semana se envolveu em outro vídeo polêmico em que “esbraveja”, que mora na Península e que tem Porsche do ano, etc...
Seria interessante que as Receitas estaduais e federais ficassem de olho nestes ricos que gozam até hoje do sofrimento de milhares de pessoas que foram enganadas no Maranhão.
Continua...

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

Prefeitura de São Luís - Assistência COVID-19

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook