terça-feira, 11 de fevereiro de 2020
  O presidente do sindicato dos rodoviários usou as redes sociais para anunciar a paralização de ônibus que acontecerá  dia (14), em pauta a reivindicação é que os  trabalhadores tenham 15% de reajuste salarial; Ticket alimentação de 700 reais; Manutenção do plano de saúde; Permanência dos cobradores em atividade e aumento de 400 reais para os motoristas que atuam sem cobradores nos coletivos (exercendo as duas funções.
A contraproposta é impifia por partes dos empresários, reajuste de 2,5%, acabar com o o plano de saúde e apenas 200 reais de ticket alimentação.

 Em tempo : esse tipo de proposta feita pelos empresários é justamente para forçar os rodoviários a fazerem greve e assim culminar com outro "AUMENTO DE PASSAGEM"...

E mais: provavelmente  terá outro reajuste de tarifa...

Um comentário:

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook