domingo, 15 de dezembro de 2019

São Luís neste dezembro, percebi como as ruas, bares e restaurantes estão lotados, todos os dias, de domingo a domingo. Vi ainda as filas de táxis e outros serviços de transporte deixando e pegando passageiros a todo momento. Muitos ambulantes circulando e muita gente consumindo de forma confortável e receptiva.
Isso mostra o quão importante é o investimento em eventos culturais em nosso estado. Não é apenas uma forma de oportunizar aos artistas um palco para expor seu valioso trabalho. É, sobretudo, uma forma de oportunizar a circulação de recursos criando postos de trabalho e auxiliando na renda de muitas famílias em tempos difíceis. Vale lembrar que quase todos os grandes eventos possuem investimentos significativos do governo estadual.
O governador Flávio Dino enfatiza com segurança que a economia criativa é, sem dúvidas, um grande vetor para o desenvolvimento econômico e o combate às desigualdades existentes, infelizmente, em nossa sociedade.
Vivemos tempos difíceis, com preços absurdos para o mercado interno que afetam muito principalmente aqueles que mais precisam e, portanto, que passam as maiores dificuldades. Por esse motivo é necessário investir em formas de gerar renda. Nosso estado respira cultura e a cultura tira as pessoas de suas casas para apreciação em momentos familiares e de convívio social, tornando-se assim, um grande atrativo para o comércio e para serviços. Só esse ano, foram investidos cerca de 80 milhões em ações de difusão cultural e apoios aos mais diversos eventos culturais realizados por todo o estado.
Recurso público aplicado como forma de manter as tradições, proporcionar momentos de lazer e acesso à cultura, respeitando esse importante direito previsto em nossa constituição e também que da oportunidades para empreender, trabalhar, gerar renda.
Outro importante impacto dos eventos culturais já consolidados em nosso estado é a ocupação hoteleira que revela o grande potencial turístico de nossa cultura popular, reforçando a necessidade continua de valorização de nossas manifestações e da criação de oportunidades para nossos fazedores de cultura. De acordo com recentes informações divulgadas pela Secretaria de Estado do Turismo, a taxa de ocupação hoteleira para as cidades de São Luís e Barreirinhas é de 89% e 80% respectivamente para as festas de final de ano. Outro aspecto importante diz respeito à economia informal.

A área do centro histórico os vendedores ambulantes comemoram o movimento com vendas de pipoca, pasteis e outros alimentos. Só na Praça Pedro II e entorno da Casa do Maranhão a Prefeitura de São Luís, por meio da Blitz Urbana, controla 27 carrinhos de vendedores nesta temporada natalina. Cultura é investimento no desenvolvimento humano e na aproximação dos povos. Para além de tudo já exposto, é sempre importante frisar que a cultura maranhense não se resume aos grandes eventos. O Maranhão produz cultura todos os dias de todo o ano. São diversos equipamentos culturais à disposição de todos os maranhenses e todos que nos visitam.
Desde que assumiu o governo, o Governador Flávio Dino determinou e a Secretaria de Estado da Cultura vem revitalizando os espaços para garantir conforto aos visitantes e segurança para o acondicionamento de nosso patrimônio cultural.
Convido a todos para conhecer as belezas e encantos presentes em cada casa. Como forma de garantir a democratização do acesso à cultura, tudo é gratuito. Assim, em um país marcado pela gigante desigualdade social, todos podem, de forma igual, acessar aos equipamentos de cultura e aos eventos apoiados pelo estado.
Para finalizar, lembro que há um ano eu passava por um momento de grande incerteza e medo em minha vida com a iminente chegada prematura de minha filha. Hoje, quase um ano depois, estou com ela vivenciando um evento que foi pensando e construído para que ela é todas as crianças de nosso estado e visitantes possam juntos, experimentar de forma lúdica as experiências religiosas e culturais do Natal. Sem distinção, sem segregação, mas pregando a união e a esperança que essas crianças viveram em um Maranhão melhor e com muito mais oportunidades. E por isso sou grato a Deus!
Um Feliz Natal a todos! Que o espírito do verdadeiro Natal, marcado pelo nascimento de Cristo, possa iluminar as vida de todos para que superemos os discursos de ódio e possamos com união resgatar os rumos de nossa nação!

Viva a Cultura do Maranhão!


Anderson Lindoso, advogado
Secretário de Estado da Cultura

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

2º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores

Instituto Vladimir Herzog

ABRAJI

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook