segunda-feira, 15 de julho de 2019

Precatórios!!! GAECO E SECCOR prendem "peixes" pequenos no Tribunal de Justiça do Maranhão


Esquemas de favorecimento no pagamento de precatórios levaram três à prisão no TJ
O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas – Gaeco e a Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção da Polícia Civil realizaram busca e apreensão e prisão preventiva na manhã desta segunda-feira (15).
Os servidores Daniel de Andrade e Thiago da Silva Araújo, bem como, um funcionário terceirizado do Tribunal de Justiça do Maranhão foram presos agora há na sede do judiciário, que fica localizado na Praça Pedro II, no centro de São Luís.

Segundo as investigações, um esquema de corrupção com a participação de servidores da Coordenadoria de Precatórios do Tribunal de Justiça, visando favorecer credores da Fazenda Pública na elaboração de cálculos em desacordo com a decisão judicial, bem como em dar preferência na ordem de pagamento em troca de vantagem financeira.

Até o momento, os servidores Daniel Andrade Freitas e Thiago da Silva Araújo, além do terceirizado Thiago Rafael de Oliveira Candeira, eles obtinham informações privilegiadas sobre os credores de precatórios e entravam em contato por telefone solicitando vantagem para que eles tivessem seus pagamentos incluídos na lista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!