segunda-feira, 1 de julho de 2019

Bolsonaro lamenta que militar com cocaína não tenha sido preso na Indonésia


Em entrevista coletiva no Japão, presidente brasileiro disse que militar 'traiu a confiança' e chegou antes do embarque para inserir a droga no avião.
Durante entrevista coletiva na cúpula do G20, no Japão, o presidente Jair Bolsonaro disse no sábado (29, no horário local) que "lamenta" que o sargento da Força Aérea (FAB) encontrado com 39 quilos de cocaína não tenha sido detido Indonésia, onde o crime de tráfico de drogas é punido com pena de morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!