Assembleia Legislativa

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Essas foram às palavras do vereador Astro de Ogum(PR) – vice-presidente do Legislativo Municipal – que usou a tribuna da Casa na manhã desta quarta feira(03), durante o pequeno expediente, para falar sobre os ataques sofridos nas últimas semanas. “Comecei a trabalhar na Câmara como celetista, ainda no mandato de Manoel Nunes Ribeiro, posteriormente, já nos anos 90, passei ser servidor estatutário, portanto, quando tomei posse no meu primeiro mandato, em janeiro de 2000, já era servidor desta Casa”, enfatizou o parlamentar.

O vereador informou, ainda, que solicitou à presidência da Casa que fossem sustados os proventos de aposentadoria até que o Tribunal de Contas do Estado se pronuncie quanto à legalidade. “A aposentadoria que hoje faço jus é advindo de um direito, mas para que possamos dirimir qualquer dúvida, solicitei a suspensão do benefício até pronunciamento do TCE. Não cometi nenhuma ilegalidade. Não fiz nada demais, não podendo dizer o mesmo dos meus inimigos ocultos, os quais não têm coragem de me enfrentar, e se fecham em escritórios com certas pessoas para tramar contra mim. Tudo isso vem acontecendo porque anunciei que sou candidato a prefeito de São Luís. Essa minha audácia tem custado caro com as perseguições do dia a dia. Desejo que Deus proteja os meus inimigos e a mim não desampare”, afirmou.

Além das denúncias sobre aposentadoria, o vereador Astro de Ogum falou sobre o falecimento da radialista Helena Leite, 67 anos, a construção da nova sede do Legislativo, às expectativa das comemorações dos 400 anos da Casa de Leis da Capital, além de tratar dos problemas causados pelas fortes chuvas que caem na capital.

Emocionado, Ogum lamentou profundamente a morte da amiga, ocasionada por problemas cardíacos. Para Astro, Helena foi fundamental para as classes menos favorecidas, importante para cultura do Maranhão, e umas das principais responsáveis pelo crescimento da imprensa em São Luís. Durante o discurso, o vereador aproveitou para esclarecer, ainda, a respeito de uma nota que circulou com a fala de Anete Moreira, filha de Helena, em relação ao presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT).
“Eu não tenho carta para defender ninguém, mas o presidente Osmar entrou em contato comigo e se colocou à disposição para ajudar no que fosse necessário. Quero desfazer esse mal entendido. Entendo a dor e sofrimento da filha de Helena, assim como também sei dos momentos difíceis que o novo presidente atravessa, pois todos nós que já tivemos no comando desta Casa já enfrentamos, portanto, venho esclarecer que Osmar Filho jamais poderá ser responsabilizado pela fatalidade que aconteceu com Helena”, frisou.
O vereador Astro aproveitou o momento para tratar dos transtornos que estão sendo causados pelas chuvas na capital. Ele sugeriu que o Executivo libere o recurso de contingência para fazer reparos emergenciais, falou sobre a construção da nova sede da Câmara Municipal, na Fabrica da Madre Deus e, por fim, pediu empenho de todos os vereadores nas comemorações dos 400 anos da 4ª Casa Legislativa mais antiga do Brasil.
“Todos nós vereadores somos donos desta Casa, precisamos ter essa consciência, o presidente, apenas, exerce o comando durante certo período. Precisamos nos empenhar para fazer um Legislativo grandioso, consequentemente, fazer de São Luís um lugar melhor para se viver”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

ABRAJI

Parlamento Estudantil

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Instituto Vladimir Herzog

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook