quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

A Deus o que é de Deus, a José Sarney o que ele conquistou...


De gênio forte, seguro de si mesmo, Jair Bolsonaro faz questão de posar ao lado do ex-presidente José Sarney
Tem muita gente se contorcendo, com inveja e até mesmo se revirando no túmulo após reiteradas vezes que o presidente Jair Bolsonaro elogia e faz questão de convidar o ex-presidente da República e imortal da Academia Brasileira de Letras, José Sarney, para as solenidades do Palácio do Planalto.
E em se tratando de sentimentos, amor, ódio, paixão e rivalidade, o tema do almoço entre brasileiros e argentinos foi o futebol. Os presidentes Bolsonaro e Mauricio Macri, da Argentina, almoçaram com “enfeites” de plaquinhas com nomes de craques dos dois países, tais como Pelé, Garrincha, Zico, Maradona, Di Stéfano, Ardiles dentre outros.
E voltando a falar do ex-presidente José Sarney, é inegável que com o passar do tempo, a sua longevida aos 88 anos, muito próximo dos 89, ainda mantém a experiência aliada à vontade em estar nas discussões políticas do Brasil e do mundo, por todos estes fatores, em levantar sentimentos tão antagônicos nos brasileiros, e principalmente nos maranhenses, que o mais correto é afirmar: a Deus o que é de Deus, a José Sarney, o que ele conquistou...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!