Publicidade

Publicidade
quinta-feira, 1 de novembro de 2018
Um fato chamou a atenção dos profissionais da advocacia maranhense no pedido de impugnação do advogado Carlos Brissac Neto – candidato à presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil pela Chapa 2, denominada de “OAB de Verdade” – contra a candidatura de Thiago Diaz, que concorre à reeleição pela Chapa 4 – “Vamos fazer muito mais”.

O blog apurou que Brissac elencou uma série de irregularidades que fizeram com alguns membros da chapa, dentre eles o próprio Diaz, figurassem nas condições de inelegíveis. Usou como argumento uma certidão emitida pelo Conselho Federal, revelando que o balancete de 2017 da atual gestão da OAB-MA não foi encaminhado à Terceira Câmara da OAB, presidida por Antônio Oneildo Ferreira.

Acontece que a referida certidão mostra um interessado: o advogado Mário Macieira, que por duas vezes comandou a OAB-MA, e teve suas contas rejeitas pelo então presidente Thiago Diaz. Macieira é candidato a conselheiro federal na chapa “OAB de Verdade”, mas vem sendo mantido distante em função da sua alta rejeição.
Ocorre o seguinte: o regulamento geral da Ordem determina que a atual diretoria da seccional apresentasse ao Conselho Federal, até abril deste ano, sua prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2017.
Por mais que tente tirar as digitais de Macieira da sua candidatura, a certidão da qual Brissac usou para impugnar Thiago demonstra que ele seria um fantoche que o ex-presidente estaria usando para retomar o controle absoluto do braço maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil. A imagem da certidão com a cópia do pedido de impugnação protocolado junto à Comissão Eleitoral, responsável pelo pleito, repercutiu nas redes sociais e em apenas um grupo de advogados na rede social Faebook já havia alcançado quase 10.000 compartilhamentos.

CHAPA DOS REJEITADOS
Brissac é sabedor que enfrenta alta rejeição em função de ter colado à sua imagem à de Mario Macieira. No entanto, este, nem de longe é o único rejeitado pela advocacia a compor a sua chapa. O colegiado recebeu o apoio ainda de outros dois rejeitados: Pedro Alencar (atual vice-presidente) e Roberto Feitosa, sendo que um tem fama de golpista e traidor; o outro é conhecido por não segurar em pé o que costuma afirmar sentado. Talvez, por esse motivo, Valéria Lauande teria ficado de fora, pois o alto e elevado índice de rejeição, poderia fazer a chapa explodir antes mesmo do dia da eleição. Curioso é que nos bastidores da advocacia, classificam o grupo “OAB de Verdade” de Chapa dos Rejeitados, cujo presidente é chamado carinhosamente de “o último kamikaze de Macieira”.


Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com