Publicidade

Publicidade
quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Eduardo Braide contesta resultado da eleição de 2016, em São Luís, no TRE, segundo ele, a máquina pública estadual foi decisiva no pleito

Processo semelhante ao de Coroatá, que tornou o governador Flávio Dino (PC do B), inelegível por 8 anos, devido ao uso da máquina pública para favorecer aliados, também foi protocolado em 2016, pelo então candidato à prefeitura de São Luís, Eduardo Braide (PMN). O candidato alegou por meio de uma ação de quase 1000 páginas, nas quais denuncia o que, a seu juízo, foram praticados crimes eleitorais – como abuso de poder econômico, compra de votos, uso das máquinas administrativas do Município e do Estado em favor do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), entre outras alegações.
Braide, que disputou o 2º turno com o prefeito Edivaldo Jr, pediu à Justiça Eleitoral que anulasse a eleição para prefeito de São Luís dentre outros pedidos, de acordo com o que prevê a legislação eleitoral - foi justamente por meio deste processo que tramita no TRE, que Braide se declarou oposição ao Palácio dos Leões, o principal ponto foi o abuso da máquina pública estadual.
Na ação de 2016, que questiona o resultado do processo eleitoral de São Luís, na qual foi decidida, segundo Eduardo Braide, depois de chegaram às suas mãos diversas denúncias, “todas com provas”, de que teria havido distorções graves na eleição de prefeito em São Luís. Braide afirma ter provas de que houve desvios na corrida ao voto e que está convencido de que a sua denúncia causará uma grande reviravolta no caso. 
E mais: a ação foi protocolada pelo advogado José Antônio Almeida, um dos mais respeitados especialistas em direito eleitoral. Ele avaliou à época que as provas que reuniu na ação são mais do que consistentes 

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com