Publicidade

Publicidade
quarta-feira, 25 de julho de 2018

Atitude do Sampaio Corrêa em 2017, deverá acarretar em 2018, com o seu retorno à série C


[caption id="attachment_8201" align="alignnone" width="750"] Presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota[/caption]

A lei do retorno existe e que tudo que você faz, seja de bom ou ruim, um dia volta pra você, e pelo andar da carruagem, parece que o Sampaio Corrêa terá que pagar pela eliminação do Moto Club, no Campeonato Brasileiro da série C de 2017, quando a Bolívia nitidamente entregou o jogo para o corruptor Botafogo-PB, em que seus dirigentes foram todos afastados por combinação de resultados, compra de arbitragem e negociatas para beneficiar o clube. A 'Operação Cartola' ainda está em andamento.

E porque não contabilizar ao Sampaio aquele vexame e escandaloso esquema com a Federação Maranhense de Futebol - FMF, que tirou a vantagem do Moto Club de jogar por dois resultados iguais, mesmo tendo sido, o clube rubro-negro primeiro colocado de seu grupo, no Campeonato Maranhense de 2017, que culminou com o título, no tapetão ao tricolor maranhense. Naquele ano, algo ficou muito suspeito após o Sampaio que estava na penúltima colocação na classificação geral, só estava acima do Americano, buscou uma classificação no tapetão, mesmo perdendo no TJD maranhense. O presidente garantia aos 4 cantos da cidade que no Rio de Janeiro ele ganhava. É evidente que Sérgio Frota teve ajuda do presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, que chegou a viajar para a capital carioca várias vezes, segundo informações da imprensa local. No final, o Sampaio foi o classificado, campeão maranhense em cima do Cordino e de quebra levou a final para Imperatriz, fazendo com que a equipe de Barra do Corda nem jogasse em seu estádio.



Em relação ao jogo Sampaio Corrêa x Botafogo-PB, partida válida pela última rodada do Brasileiro 2017, não restou dúvidas que o presidente e deputado estadual, Sérgio Frota (PR), mantinha uma relação de negócios com o dirigente, agora preso e afastado, do Botafogo, Breno Morais, que em grampo da Polícia Civil da Paraíba, gravou uma conversa entre o deputado Sérgio Frota e ele, claramente solicitando ao deputado uma intervenção sobre a arbitragem do jogo entre Botafogo-PB e Altos-PI, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. No grampo, a intimidade do pedido de Breno ao deputado é mais do que evidente, na qual o deputado afirma que vai resolver o "problema". O resultado: o Botafogo venceu a partida por 1 a 0. O árbitro do jogo foi o maranhense, da cidade de Imperatriz, como o próprio deputado falou no grampo, Ranilton Oliveira.

Que o retorno viria mais cedo ou mais tarde, isso era mais do que certo, só não sabíamos que viria tão cedo, o Sampaio Corrêa não sabe o que é vencer no Brasileiro da Série B, desde o dia 9 de junho, quando venceu a equipe do Oeste, em casa, no Castelão. De lá pra cá foram 8 jogos, 6 derrotas e apenas 2 empates. A derrota para equipe do São Bento por 2 x 1, ontem (24), afundou o clube maranhense para a vice lanterna da competição.

Em tempo: este Blog não torce pela desgraça de quem quer que seja, contudo, a lei do retorno existe e as evidências são incontestáveis.

E mais: espero que a diretoria do Sampaio reveja as suas atitudes e vire o jogo, evitando o descenso à serie C, do ano que vem.

 

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com