PREFEITURA DE SÃO LUÍS

PREFEITURA DE SÃO LUÍS
segunda-feira, 16 de abril de 2018

O mundo do samba ficou mais triste na noite desta segunda-feira (16/4). Morreu, aos 97 anos, no Rio de Janeiro, Dona Ivone Lara. A cantora estava internada em um hospital particular do Leblon e tentava se recuperar de uma anemia, mas não resistiu.
Além do legado musical, ela entrou para a história como a primeira mulher a compor uma letra para escola de samba-enredo, em 1965. Foi ao som de Os Cinco Bailes da História do Rio que a Império Serrano desfilou no Carnaval que homenageou os 400 anos do Rio.
Sucesso:
Ao longo da carreira, Dona Ivone Lara colecionou sucessos. O mais estrondoso deles, que atravessou gerações e ainda permanece no auge é Sonho Meu, uma composição dela em parceria com Décio Luiz. Pela voz dela, outros sambas caíram na boca do povo, como Acreditar, Tiê, Tendência, Sorriso Negro e tantas outras.
Maria Betânia, Clara Nunes, Gal Costa, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Diogo Nogueira, Elba Ramalho, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Vanessa da Mara, Teresa Cristina, Leci Brandão, Paulinho da Viola e Alcione estão entre alguns dos músicos que gravaram canções compostas pela também chamada de “Diva do Samba”.
A popularidade de Dona Ivone no Brasil chegou aos quatro cantos do mundo e Dona Ivone Lara se apresentou na África, nos Estados Unidos (EUA) e em alguns países da Europa.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!!! Continue conosco!!!

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

ABRAJI

Parlamento Estudantil

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Instituto Vladimir Herzog

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook