quinta-feira, 26 de abril de 2018

Tiros para cima, empurrões e agressões partem da Polícia Militar do Maranhão, que por ordem do governador Flávio Dino (PC do B), quer que os ensaios dos bois não ultrapassem às 2h da madrugada



O governador do Maranhão não tem limites - Após se envolver em disputas de entidades de classes, de trabalhadores, dentre outras, ele agora ordena que a Polícia Militar encerre os ensaios dos grupos de Bumba meu boi, às 2h da madrugada.



Não adepto à manifestação folclórica mais popular do Maranhão, Patrimônio Imaterial do Brasil e candidata a título de Patrimônio Cultural Imaterial Mundial, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Dino orienta forte repressão policial e fere de morte a maior tradição popular do estado, o Bumba Meu Boi.


Tradicionalmente, os ensaios dos grupos acontecem sempre de um dia para o outro, encerrando-se ao amanhecer. 


Durante o governo Flávio Dino, houve repressão de todas as maneiras contra os históricos fazedores de cultura, desde o corte das verbas às ponta-pés e cacetetes da PM. Um episódio desnecessário e lamentável sob todos os aspectos, foi o último ensaio do Boi da Maioba, no Bairro do João Paulo, onde policiais chegaram "arrepiando" e não permitindo que o grupo finalizasse seu ensaio até o amanhecer, como ocorre há mais de 100 (cem) anos.


Devido a estes graves ocorridos, o Batalhão da Maioba adiou os seus ensaios e alterou os locais, em algumas ocasiões, devido à forte opressão por parte do Governo do Maranhão.


Outros grupos também denunciam forte opressão por parte do governo Flávio Dino e já prometem fazer uma toada detonando o governador.


Assembleia Legislativa do Maranhão

Assembleia Legislativa do Maranhão

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com