Publicidade

Publicidade
segunda-feira, 5 de março de 2018

Se passar de fase, a 'Bolívia Querida' fatura R$ 1.800,000 (Hum milhão e oitocentos mil reais); liberando os portões, 4o mil são esperados no estádio Castelão 


[caption id="attachment_7009" align="alignnone" width="1920"] Torcida do Sampaio Corrêa em lotação máxima no Castelão[/caption]

O presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota sabe que precisa do aporte financeiro R$ 1.800.000 (Hum milhão e oitocentos mil reais), se conseguir passar à quarta fase da Copa do Brasil. Se for cobrar ingressos, o público máximo, não ultrapassará 10 mil pagantes, o que renderia ao clube pouco mais de R$ 100 mil reais, depois que retiradas as taxas e demais tributos.


O Blog foi informado que o presidente avalia também, outras formas para chamar o público ao Castelão no jogo contra a equipe da "macaca".


Sérgio Frota se agir com tranquilidade, pode lotar as 38 mil cadeiras do "Gigante do Outeiro da Cruz", pressionar a Ponte Preta e se classificar à quarta fase da competição mais rica da América Latina. Ou continuar no mesmo, cobrar ingressos arriscar um público mínimo e correr o risco de perder muito dinheiro da premiação.


A sorte está lançada, faltam 10 dias para jogo com a Ponte Preta que vem a São Luís com sangue nos olhos, haja vista que nesta fase da competição não há gol qualificado, quem vencer por um tento de diferença mete a mão na bolada.


#Tubarão #Macaca #CopaDoBrasil
 

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com