Publicidade

Publicidade
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

O Maranhão está com um déficit de mais de R$ 1 bilhão, o que representa uma baixa em mais de 300% em relação a 2016, no segundo ano de gestão comunista



O indicador dos gastos com folha aponta um quadro mais grave aos estados. Considerando o Poder Executivo, a despesa de pessoal em relação à receita corrente líquida avançou em 2017 em pelo menos 18 Estados. Os cálculos basearam-se em dados de resultado primário e de gastos com folha dos relatórios fiscais de 2017.


Os indicadores usados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) ou pelos próprios Estados.


Segundo as informações da Secretaria do Tesouro Nacional, repercutido no site Valor Econômico, atestam o que os maranhenses sentem na pele durante a gestão comunista, arrocha nas contas, falta de dinheiro e aumento de impostos evidenciam situação deseperadora da economia maranhense.


O Maranhão está com um déficit de mais de R$ 1 bilhão, (R$ -1.126 Bilhão), o que representa uma baixa em mais de 300% em relação a 2016, no segundo ano de gestão comunista, onde o saldo era positivo, reveja no infográfico, abaixo.



Os números também deixam claro que houve um agravamento do quadro desde 2015, quando Flávio Dino assumiu o governo prometendo mudanças. E como os números não mentem, o governador chega ao último ano de sua desastrosa gestão, monstrando apenas discurso da mudança, e com muitas propagandas enganosas, a verdade mesmo é que o maranhense empobreceu mais ainda.

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com