Publicidade

Publicidade
terça-feira, 2 de janeiro de 2018

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), renegociou cerca de R$ 1 bilhão da dívida do Maranhão; com isso, o estado ganhou uma prorrogação de 10 anos nos pagamentos, incluindo um prazo de carência de 4 anos



O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), conseguiu renegociar cerca de R$ 1 bilhão da dívida do Estado do Maranhão, ainda com base na Lei Complementar nº 156 de 28 de dezembro de 2016 – que estabelece o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal, incluindo as dívidas dos entes federativos com o BNDES. Com a renegociação, o estado do Maranhão ganhou uma prorrogação de 10 anos nos pagamentos, incluindo um prazo de carência de 4 anos.


A dívida renegociada pelo governo Dino, corresponde aos empréstimos que o executivo tem com o banco, para inclusive, jogar borra de asfalto em vários municípios maranhenses, o dinheiro foi aprovado pelo governo passado para garantir infraestrutrura, por meio do Programa Viva Maranhão, da ordem de R$ 2,8 bilhões.


Além do Maranhão, o governo Temer concedeu a renegociação das dívidas para outros 13 estados, totalizando em R$ 9 bilhões.


Em tempo: esta dinheirama que o estado do Maranhão usa para colocar asfalto eleitoreiro nos municípios, restará a dívida para outros governos. 


E mais: bem que o governo Flávio Dino poderia abater a dívida com o dinheiro gastos com propaganda.


Pra fechar: ao longo da gestão comunista (4 anos), serão gastos mais da metade deste valor, apenas com propaganda.

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com