Publicidade

Publicidade
segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Obra iniciada no começo do governo comunista já consumiu mais de R$ 10 milhões na reforma e a CAEMA ainda gastou quase meio milhão na mesma obra



A reforma da Barragem do Bacanga iniciada em 2015, já consumiu perto de R$ 11 milhões e nunca ficou pronta. O Blog investiga o caso e constatou que já não bastasse a dinheirama gasta numa reforma que nunca finalizou, tendo 3 aditivos contratuais, para completar, a Companhia de Saneamento Ambiental - CAEMA, gastou mais meio milhão de reais na obra.


Foram gastos, pelo menos é que está publicado, mais R$ 473.932,87 (Quatrocentos e setenta e três mil, novecentos e trinta e dois reais), para se fazer manutenção numa 'Treliça' que dá sustentação para uma sub-adutora da companhia.


Como que uma obra que está há quase 3 anos em manutenção, não foram trocadas as treliças, e a manutenção contratada pela Caema, é justamente na travessia do canal da comporta????


É impossível de se imaginar que uma obra tão cara e demorada como esta da barragem, o governo do estado não tenha incluido justamente a manutenção de uma treliça que sutenta a sub-adutora, uma vez que passa justamente onde está sendo realizada a manutenção.


Em tempo: treliça é uma sustentação composta por elementos retos que estão interligados entre si, formando uma estrutura rígida que fornece boa sustentação.


E mais: é absurdamente incrível como o Ministério Público Estadual não atua em defesa dos maranhenses, principalmente no tocante às poucas obras que estão sendo realizadas no governo Flávio Dino. 


 
 

Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Auto Escola Positivo

Auto Escola Positivo

Facebook

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com