PREFEITURA DE SÃO LUÍS

PREFEITURA DE SÃO LUÍS
quarta-feira, 21 de agosto de 2019


A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou, nesta quarta-feira (21), edital (nº 22/2019) para processo seletivo simplificado para contratação temporária de professores para atuarem na rede pública de ensino. Ao todo, estão sendo ofertadas 62 vagas para contratação imediata e formação de cadastro de reserva. Os interessados poderão se inscrever a partir da próxima segunda-feira (26) até as 23h e 59min do dia 28 de agosto de 2019.
As inscrições são gratuitas e realizadas exclusivamente pelo endereço eletrônico disponibilizado no site da Seduc. Estão sendo ofertadas vagas para os municípios de Formosa da Serra Negra, Tasso Fragoso, Amarante, Governador Edson Lobão, Campestre do Maranhão, Imperatriz, Estreito, Apicum Açu, Pedro do Rosário, Turiaçu, Cedral, Pinheiro, Turilândia e Alcântara. No edital constam, ainda, as escolas com vagas disponíveis, que deverão ser supridas por meio do seletivo.
Os aprovados e convocados serão contratados em regime de 20 horas de trabalho semanais.
Leia mais sobre o seletivo em: www.educacao.ma.gov.br
terça-feira, 20 de agosto de 2019

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) divulgou na noite desta segunda-feira (19) lista com 134 contratos de financiamentos de jatos executivos da Embraer a juros subsidiados, no valor total de R$ 1,921 bilhão.

A empresa Tocantins Participações e Empreendimentos Ltda, pertencente ao grupo Mateus, utilizou recurso do BNDES para financiar 2 aeronaves.

Em 2011 a empresa pegou o valor de R$ 5.621.916,488 milhões, para uma aeronave. Já em 2012 o valor foi de R$ 17.976.345,00 milhões, o empresário Ilson Mateus utilizou mais de R$ 23 milhões para compras de suas aeronaves.

Fonte : Folha do Maranhão

Empresa Raízen está devastando Área de Preservação Permanente na região do Porto do Itaqui
A RAÍZEN, empresa de lubrificantes e derivados de petróleo potencialmente contaminante que está devastando uma Área de Preservação Permanente – APP, com o aval da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais – SEMA, na região do Porto do Itaqui em São Luís é igual ou pior ao que ocorre na construção do Porto São Luís, da WPR.
Em via de regra, toda e quaisquer atividades que envolva a intervenção em Áreas de Preservação Permanente, e/ou a supressão de vegetação nativa, como é este o caso, independentemente do tipo de vegetação e do estágio sucessional ou de desenvolvimento que se encontre, deverá ser autorizada pela SEMA, contudo em investigação deste Blog, o órgão ambiental do Maranhão não conta uma Licença de Supressão Vegetal, e sim uma Autorização de Supressão Vegetal – ASV, contudo, na placa da empresa Raízen, consta uma “Licença” de Nº 071 / 2017, até o presente não encontrado na investigação deste veículo de comunicação.
Ainda sobre a devastação que ocorre em área de manguezal, a SEMA forneceu a Licença de Instalação Nº 1124171 / 2017, à empresa Raízen, deixando expressa nos seus passivos ambientas, que a “mesma NÃO AUTORIZA a empresa a realizar a Supressão Vegetal / Limpeza de Área, ficando o empreendedor ciente que caso haja a necessidade, deverá entrar com pedido de Autorização nesta Secretaria no setor Florestal”.
O Código Florestal (Lei n. 12.651/2012) estabelece as situações excepcionais que autorizam a intervenção ou supressão de vegetação nativa em área de APP. E é bem clara no sentido de que somente deve ser garantida a autorização da supressão vegetal, nos seguintes casos: utilidade pública, de interesse social ou de baixo impacto ambiental, o que não é o caso da obra da Raízen. 
Em tempo: somente quando for cortada a última árvore, poluído o último rio, pescado o último peixe é que o homem vai perceber que dinheiro não come!
segunda-feira, 19 de agosto de 2019
O remanejamento dos ambulantes para rua de Santaninha, agora está trazendo um agravamento no trabalho da SMTT.
Acontece que a rua de Santaninha foi fechada para os ambulantes, sendo que a rua é uma via coletora, muito importante para desafogar o trânsito do centro, pois o volume muito grande de veículos muitas vezes causa engarrafamento no centro da cidade e com isso a SMTT agora trabalha em dobro para organizar o problema deixado pela SEMURH.

Em tempo: O editor do blog procurou a assessoria do secretário Mádison, que informou não ter data para a entrega do "shopping popular".

E mais: O importante era retirada dos ambulantes da rua grande e sair bem na foto, pois uma propaganda "bem feita muitas vezes é melhor que a verdade", mesmo que agora esteja prejudicando uma parcela da população...

O projeto do governo Jair Bolsonaro (PSL) que trata da regulamentação da posse e do porte de armas de fogo deve ser votado nesta semana na Câmara dos Deputados. O plenário da Casa pode discutir e votar a proposta a partir desta terça-feira, 20. O porte de armas é a autorização para que os cidadãos andem armados fora de casa ou do local de trabalho. Já a posse consiste apenas na permissão de manter a arma dentro de casa ou do trabalho. Atualmente, o porte é restrito a militares e agentes de segurança.

Idade mínima para porte e posse de armas: 

O relatório determina que a idade para a posse é de 21 anos, incluindo os CACs, e para o porte, de 25. Uma das mudanças propostas é a retirada do trecho que previa a concessão do porte para algumas categorias profissionais por meio de regulamento, como decretos, sem ser necessário uma mudança na lei. Leite também incluiu três novas categorias no rol de quem pode ter o porte de arma: oficiais de Justiça; agentes de segurança do sistema socioeducativo; e integrantes das carreiras de peritos criminais dos Estados e do Distrito Federal. Os profissionais da área de segurança cuja atividade seja exercida com arma de fogo também poderão ter o porte.

Helcimar Belém, dono da Holding “BC3 HUB” vendeu as terras do Cajueiro para a WPR
Após mais um levantamento em documentos obtidos com exclusividade por este Blog, chegou-se a conclusão que o empresário, Helcimar de Araújo Belém Filho, dono da Holding “BC3 HUB” foi quem “vendeu” as terras do Cajueiro à W Torre, do empresário Walter Torre.
Segundo levantamentos, a BC3 HUB, apresenta um documento já divulgado aqui por este Blog, na qual “adquiriu” a propriedade advinda de documentação de Cadeia Sucessória, ou seja, por meio de repasses de antigos posseiros.
A grande especulação sobre a posse das terras remonta ao ano de 1976, em que a União (Governo Federal), cedeu a posse da terra, via aforamento ao governo do estado do Maranhão, e que no ano de 199, por meio de outro Decreto presidencial, manteve o domínio das terras sob a custódia do estado do Maranhão, como bem já explicou o advogado e blogueiro Abdon Marinho, Veja Aqui!.
O advogado e contador, Helcimar Belém, mantém o escritório da holding “BC3 HUB”, empresa que agrega capitais financeiros de investidores em negócios diversos, uma espécie de “pirâmide legalizada”, em São Luís.
O Blog vai continuar, desta vez em outra postagem, a maneira de como se originou a transação imobiliária que culminou com a venda de parte das terras do Cajueiro, para a W Torre, que realizou um negócio da China para a construção do Porto Particular, na praia de Parnauaçú. 
Em tempo: Belém aparece também como sócio da empresa Green Light (Luz verde), que incorpora capitais financeiros de investidores. 
domingo, 18 de agosto de 2019

O secretário Felipe Camarão, está fazendo uma força tarefa para avisar sobre a segunda prova do sistema de avaliação estadual SEAMA.
Surpreendente Felipe  está revolucionando e quebrando paradigmas, resultado esse que se refletiu no IDEB passado com um crescimento no índice de redimento.
A 2ª avaliação do SEAMA acontecerá na  terça e quarta-feira, 20 e 21 de agosto.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

O secretário da (SEMURH), Mádson Leonardo, talvez por falta de um estudo técnico logístico, desconhecimento de causa ou só por capricho,  vem penalizando os comerciantes do centro e afetando diretamente hospitais e serviços  essenciais para a população ludovicense.
O gestor fechou a rua de Santaninha e montou o prometido "shopping popular" na transversal da rua grande, prejudicando e alterando todos os acessos daquela região.

Em tempo: O prefeito Edvaldo Holanda Júnior deveria começar em pensar na troca do secretariado como uma forma viável de manter uma boa gestão.

Pirâmide Financeira “Holding BC3 HUB” vendeu as terras do Cajueiro para a WPR construir Porto Particular
Este Blog faz uma minuciosa investigação para denunciar a grilagem de terra da área protegida do Cajueiro. Novos levantamentos apontam à holding BC3 HUB, que teria se passado como PROPRIETÁRIA da área com uma documentação comprovando um ato jurídico de aquisição do imóvel, por meio de títulos de cessão de direitos hereditários (Certidão de Cadeia Sucessória), na qual foi possível “Vender” o imóvel à Adquirente WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais LTDA.
A Holding BC3 HUB, por meio desta espécie de documentação seria a “dona” da propriedade que não deveria em hipótese alguma ser vendida, pelos fatores já elencados por este Blog (Sítio Arqueológico, Área de Comunidades Tradicionais e por se tratar de Área de Preservação Permanente – APP).
Documentos levantados até o momento por este Blog indicam que com esta documentação em mãos a ‘Holding Financeira BC3 HUB’, vendeu a propriedade à WPR, pela cifra milionária de R$ 10 Milhões.
Se for comprovada a Fraude, a W Torre, empresa financiadora de campanha do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), caiu em um conto do vigário em São Luís.
Em tempo: a W Torre é a mesma empreiteira que construiu o Allianz Parque, do time de futebol do Palmeiras.
E mais: espertalhões de toda estirpe entraram neste negócio da China que é o Porto São Luís.
Pra fechar: durante todo este final de semana, analistas deste Blog irão se debruçar sobre documentos para se chegar aos criminosos que receberam muito dinheiro com aquela terra tombada.
quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Este Blog recebeu denúncia de que as viaturas “compradas” pelo governo Maranhão estão de volta para casa

Segundo informações, cinco caminhões cegonhas levaram cerca de 50 viaturas da Polícia Militar do Maranhão, para a concessionária dona da frota que seria no estado do Amazonas. 

ABRAJI

Parlamento Estudantil

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

Instituto Vladimir Herzog

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook