Assembleia Legislativa do Maranhão

Assembleia Legislativa do Maranhão
quarta-feira, 24 de abril de 2019

Cerca de 2 Mil cobradores devem ser demitidos em São Luís
Empresários que operam o Sistema Integrado de Transporte Público de São Luís, já estão adequando seus ônibus para atividade sem a figura do cobrador.
Vídeos conseguidos com exclusividade pelo Blog, apontam que funcionários das empresas já estão em treinamento para a execução dos veículos sem cobradores.
Com o fim da atividade dos cobradores nos coletivos, empresários estimam em demitir cerca de 2 mil trabalhadores e trabalhadoras em São Luís. Tecnologia de bilhetagem eletrônica implantada nos ônibus é a principal justificativa das empresas de transportes. 
Veja abaixo, os vídeos que comprovam que as empresas já se adequam para operar sem o cobrador.

Prefeito Domingos Dutra, Núbia e mais 12 são denunciados pelo Ministério Público
Núbia e Dutra foram denunciados por causa de irregularidades na alimentação de pacientes da saúde municipal
O prefeito do município de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PC do B) foi acionado mais uma vez pelo Ministério Público do Maranhão, desta vez por irregularidades na licitação para o fornecimento de gêneros alimentícios para a saúde do município.
Domingos Dutra e mais 12 pessoas foram denunciadas ações podem levar à prisão do gestor, membros do Executivo municipal e empresários.

Na Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, assinada pela assinada pela titular da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, Gabriela Brandão Costa Tavernard, o MP relata dois contratos irregulares na Secretaria Municipal de Saúde de Paço do Lumiar, no ano de 2017. As empresas que também foram denunciadas são a M. A. Silva Equipamentos Hospitalares e a Med Surgery Hospitalar, juntas, os prejuízos aos cofres públicos são da ordem de R$ 1,4 Milhão.
Em tempo: a toda poderosa secretária – de – tudo, na gestão  municipal, Neusilene Núbia Feitosa Dutra, esposa do prefeito Domingos Dutra também foi denunciada.
E mais: Núbia Dutra como é conhecida a “poderosa” secretária, segundo fontes, é quem manda e desmanda no município.
Pra fechar: não há absolutamente nada que não passe pelo “crivo” da poderosa.
Com informações do MPMA, alterado pelo Blog
terça-feira, 23 de abril de 2019


No dia 22 de maio, às 15:00 hs, acontecerá na Delegacia Especial da Mulher – DEM - o depoimento do empresário Paulo Braid Ribeiro Júnior, diretor administrativo do Centro Ambulatorial de Diagnóstico Holandeses (CADH) e sócio proprietário do Laboratório de Análises Clínicas do Maranhão (Lacmar). O “maníaco do Lacmar”, como ficou conhecido, foi denunciado por ex-funcionárias pelo crime de assedio sexual.

Aguardado com muita expectativa, o suspeito terá oportunidade de se pronunciar sobre as denúncias. Em um procedimento aberto no 9º Distrito Policial, no bairro do São Francisco, Paulo Braid chegou registrar Boletim de Ocorrência contra uma das denunciantes, acusando-a de crime de extorsão.

De forma unanime,  as situações relatadas evidenciam os constrangimentos . Uma das jovens, no caso a secretaria, primeira vítima que o denunciou, afirmou que a direção da empresa tinha conhecimento do assedio. “Narrei aos diretores os abusos, no caso Patrícia Vasconcelos Ribeiro e o Plínio Tuzzolo. A Patrícia, que faz parte do Conselho Administrativo e é cunhada do Paulo, me disse que, infelizmente, a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Já o Plínio, teve a cara de pau de dizer que se tivesse “dado” para ele(Paulinho), certamente estaria com meu emprego”, em tom de revolta, narrou a primeira denunciante.


Nesta segunda feira(22), mais uma vítima procurou às autoridades e, assim como as demais jovens assediadas, narrou os abusos sofridos. Os relatos mostram que, o modus operandi, é sempre o mesmo, um executivo usando o poder do cargo, colocava as funcionárias numa série de situações constrangedoras com o objetivo de praticar atos sexuais. 


Segundo a denunciante, muitas foram às humilhações. “Quando estava sentada, ele já chegava esfregando o pênis no meu braço. Em outros momentos, ao fazer menção de que iria me cumprimentar, logo puxava a mão, pegava a  minha e encostava na genitália dele. Sem contar, ainda, as vezes que me trancava na sala, querendo manter relações sexuais a todo custo”, disse no relato a supervisora da área de faturamento, que trabalhou na empresa por seis anos.

Em nota publicada no blog Marco Aurélio D’Eça, no último dia 10, a empresa reafirma compromisso com a ética e o respeito aos colaboradores e revelou que o Conselho Administrativo decidiu por apuração independente dos fatos. O comunicado foi tão vexatório que sequer citou o nome de Paulo Braid Ribeiro Júnior no texto, mas informou o seu afastamento das funções.

Liberdade dos principais suspeitos de mandar executar, atropelos do judiciário, inquéritos suspeitos e apenas um preso, marcam a morte do Blogueiro Décio Sá
Hoje, dia 23 de abril, completam exatos 7 (sete) anos do crime covarde, cruel e sem a mínima chance de defesa à vítima, o Blogueiro Décio Sá.
Nos dias atuais, apenas o covarde contumaz, Jhonatan de Souza, continua preso e denunciado como executor do jornalista, que seguramente apontou José Raimundo Sales Chaves Júnior, “Júnior Bolinha”, como o seu contratante para executar a vítima.
O nosso colega jornalista e blogueiro Marco D’éça foi muito feliz em uma matéria publicada no dia de hoje alertando que há um silêncio por parte da classe política, polícia, judiciário e até mesmo da imprensa.
“Há um estranho silêncio entre políticos, policiais, membros do Judiciário e até da imprensa quando o assunto é a morte do jornalista Décio Sá”.
Em tom de indignação, Déça foi mais além e esbravejou que muita gente que se dizia amigo do Décio Sá, sequer “tocam” no assunto.
Veja mais em: https://www.marcoaureliodeca.com.br/2019/04/23/sete-anos-depois-assassinato-de-decio-sa-continua-obscuro/ 
Este Blog encerra esta postagem repudiando e lamentando que o famigerado caso Décio tenha sido esquecido pelas autoridades maranhenses, e ratifica que em recente encontro na cidade da São Paulo, onde se realizou o 1º Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores, promovido pelo Instituto Vladimir Herzog, Artigo 19, Repórteres sem Fronteiras, Intervozes e Abraji, o caso Décio é mais do que conhecido.
Reiteramos também que vamos articular junto à Rede Nacional de Defesa de Comunicadores para que o caso seja retomado pelas autoridades estaduais. E que enfim, o caso seja encerrado com os verdadeiros mandantes punidos!
Pistolagem??? Vereador é executado a tiros no Maranhão!!

O vereador João Serra, conhecido como Jango, foi executado no início da manhã desta terça-feira (23). O crime ocorreu em Santa Luzia do Paruá, quando a vítima saía de uma fazenda.
O parlamentar foi morto a tiros, policiais já estão atrás dos acusados que fugiram em uma motocicleta e tomaram rumo desconhecido.

Governo do Maranhão vai realizar seletivo com 2500 vagas para professores; chamada será imediata
O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão anunciou que o governo do Maranhão realizará seletivo para a contratação imediata de novos professores.
“O governador Flávio Dino autorizou a Seduc a lançar, ainda essa semana, novo seletivo para contratação imediata de mais 2.500 professores para todo o Estado, que será realizado para suprir carências, de forma emergencial, nas escolas da rede estadual. Mesmo com o novo seletivo, as ações de reordenamento e mapeamento seguirão, somadas à realização de auditoria na folha de pagamento que faremos, com o objetivo de detectar professores que estejam recebendo salário sem estarem efetivamente em sala de aula”, escreveu Felipe Camarão.
O secretário afirmou que foco do governo é garantir professores para os estudantes, para que tenhamos educação de qualidade, e otimização dos recursos públicos, com cumprimento dos princípios básicos da administração pública, que são legalidade, moralidade, impessoalidade, eficiência e publicidade.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Com  os novos casos, lista de denunciantes sobe para 3; laboratório lança nota 'envergonhada' afirmando que afastou acusado da diretoria.

A cada dia aumenta o número de mulheres que comparecem à Delegacia da Mulher para registrar ocorrência de assédio sexual contra o empresário Paulo Braid Ribeiro Júnior, diretor administrativo do Centro Ambulatorial de Diagnóstico Holandeses (CADH) e sócio proprietário do Laboratório de Análises Clínicas do Maranhão (Lacmar). Os relatos mostram que, o modus operandi, é sempre o mesmo, um executivo usando o poder do cargo, colocava as funcionárias numa série de situações constrangedoras com o objetivo de praticar atos sexuais com as vítimas.
Dezesseis dias depois de o primeiro caso vir à tona, o blog tomou conhecimento que a lista de crimes atribuídos ao empresário Paulo Braid, apontado como "Maníaco do Lacmar", cresceu. Ainda pouco, mais uma vítima deixou as dependências da Delegacia Especial da Mulher para denunciar o empresário. “Entre algumas situações, quando estava sentada, ele já chegava encostando o pênis e roçando no meu braço. Em outros momentos, ao fazer menção de que iria me cumprimentar, logo puxava a mão, pegando a  minha e encostando na genitália dele. Sem contar, ainda, as vezes que me trancava na sala, querendo me forçar a manter relações sexuais”, disse no relato a supervisora da área de faturamento, que trabalhou na empresa por seis anos.

Assim como as demais denunciantes,  a supervisora  narrou o constrangimento que passou em função do comportamento do ex-chefe. "Com o objetivo de satisfazer a lascívia, ele prometia me demitir, caso não fizesse o que ele queria, e como não cedi, acabei sendo demitida", lembrou a vítima.

Ainda no BO, a denunciante disse, também, que a sua demissão se deu pelo fato “de ter conhecimento das irregularidades que eram praticadas no setor em que trabalhava, no caso, o faturamento”, finalizou.

O ESTOPIM – COMO TUDO COMEÇOU
As denúncias contra Paulo Braid Júnior vieram à tona no último dia 4, quando a primeira vítima, no caso a secretária do próprio acusado, além de relatar a titular do blog o ocorrido, também procurou às autoridades competentes.   Segundo a secretária,  o suspeito teria lhe assediado, enviando 'nudes' durante e fora o horário de trabalho.

“Cheguei a procurar os diretores da empresa,  no caso, a Patrícia Vasconcelos Ribeiro e o Plínio Tuzzolo e relatei o ocorrido. A Patrícia, que faz parte do Conselho Administrativo e é cunhada do Paulo, me disse que, infelizmente, a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Já o Plínio, teve a cara de pau de dizer que se tivesse “dado” para ele(Paulinho), certamente estaria com meu emprego”, em tom de revolta, narrou a primeira denunciante.

De acordo com as acusações, a funcionária acabou sendo demitida pelo simples fato de não querer manter relações sexuais com o empresário, e juntamente com a mesma, outros membros da família. Várias fotos do suspeito nu, exibindo as genitálias, além de inúmeros trechos de conversas, via aplicativo de mensagem, foram apresentadas à autoridade policial, e deverá embasar o procedimento inquisitório que será instaurado.

SEXO A TRÊS

No dia 05/04, outra funcionária também registrou ocorrência, relatando situação semelhante . A segunda vítima, no caso uma enfermeira, detalhou um convite feito pelo empresário para ir ao motel Le Baron, juntamente com outra funcionária, com o objetivo de realizar sessão de sexo a três. De forma unânime, as vítimas relatam que o patrão as teriam assediado, enviando 'nudes', dentro e fora do expediente de trabalho.

DESCONHECIMENTO DA PALAVRA RESPEITO

Ao que tudo indica, Paulo Braid Júnior não conhece o significado da palavra respeito, muito bem definida no dicionário Aurélio. Além do relato das vítimas, ao ser procurado pela titular deste blog que, coincidentemente, também é mulher, para se pronunciar a respeito das denúncias, em tom de arrogância, o suspeito declarou: “pode colocar o que bem entender. Tudo isso não passa de mentira. É tudo fack news, até porque as imagens não reportam a realidade, pois eu tenho o pau grande e grosso”. Antes de desligar o telefone, ainda foi dita aquela frase clássica: “tu sabes com quem estais falando”?

Diante da situação acima narrada, pergunta-se: se com uma jornalista no exercício da atividade profissional, tentando cumprir o que impõe os ditames legais, ele se comportou desta forma, agora imaginem em uma relação de subordinação e hierarquia, onde ao que parece, mulher é um mero objeto sexual?

CONCORRENTES JÁ SE MOVIMENTAM

A família Braid atua há vários anos na área da saúde, sendo proprietária de inúmeros empreendimentos, incluindo uma maternidade, no bairro do Olho d'Água, laboratórios e clínicas, além de manter contratos com o Governo do Estado e  Prefeituras.

Nos bastidores, já se comenta que as denúncias podem afetar os negócios das empresas. Na ocorrência registrada hoje, a denunciante que trabalhou na área do faturamento, fez algumas insinuações quanto à gestão.

ENVERGONHADA, EMPRESA AFASTA MANÍACO
Sete dias depois que as denúncias de assédio sexual envolvendo um de seus diretores, o Grupo Mercúrio, que controla diversas empresas no setor da Saúde no Maranhão, anunciou o afastamento do diretor Paulo Braid Ribeiro Júnior, denunciado por assédio sexual a funcionárias.

A nota, envergonhada, publicada no blog Marco Aurélio D’Eça no dia 10 deste mês, diz que a empresa reafirma compromisso com a ética e o respeito aos colaboradores e revela que o Conselho Administrativo decidiu por apuração independente dos fatos. O comunicado foi tão vexatório que sequer citou o nome de Paulo Braid Ribeiro Júnior no texto.

Abaixo, a íntegra da nota do Grupo Mercúrio:

“O Grupo declarou que lamenta profundamente as acusações que estão sendo divulgadas sobre possível caso de assédio envolvendo um diretor.

O mesmo nega com veemência as acusações, mas o Conselho Administrativo resolveu afastá-lo da empresa, para permitir que os fatos sejam apurados com total independência.

A Direção da empresa reafirmou sua ética e respeito para com todos os colaboradores e parceiros e declarou que repudia qualquer tipo de assédio, dentro e fora do ambiente de trabalho.

O caso será apurado internamente com rigor e as devidas providências serão tomadas, caso necessário, para manter a excelência e a ética que sempre pautaram a gestão de todas as empresas e suas relações com pacientes, colaboradores, fornecedores e parceiros.”

Sem mais agradecemos a sua divulgação e espaço; e esperamos que todo o caso seja finalmente esclarecido em breve.

Atenciosamente,

Ass: de Imprensa do Grupo Mercúrio

Leia mais no Blog da Itamargareti

Um dos nomes mais conhecidos do reggae e da música maranhense, Gerson da Conceição faleceu na noite desta segunda-feira (22) aos 52 anos após sofrer um infarto fulminante.

Gerson da Conceição era cantor, compositor e produtor musical sendo graduado em música pela Faculdade Paulista de Artes – FPA, fez parte também da banda Mano Bantu e ultimamente estava em carreira solo.
O reggae do Maranhão fica de luto com o falecimento de um filho ilustre.

Prefeito de São Luís mentiu sobre entrega de ônibus, mentiu sobre a Praça Deodoro e agora mente com os Ecopontos
Prefeito Edivaldo Holanda Braga Júnior torra milhões em propaganda para enganar população de São Luís
Assim como mentiu sobre a “prefeitura entrega novos ônibus”, “prefeitura reconstruiu a Praça Deodoro” e a mais nova do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) é que “a prefeitura está entregando Ecopontos”, ou seja uma mentira atrás da outra, o prefeito usa e abusa do sofisma para enganar a população de São Luís.
Senão vejamos: na propaganda, o prefeito enganou a população com as entregas de novos ônibus ao transporte coletivo da Capital. A VERDADE é que os mesmos empresários de sempre, que venceram a “licitação” fizeram empréstimos para renovar parte da frota de da Capital, ou seja, a prefeitura não comprou nem uma Kombi.
Outro absurdo foi em relação à Praça Deodoro, que meses antes da reconstrução feita pelo presidente Michel Temer, por meio IPHAN, a prefeitura de São Luís já havia gasto quase R$ 1 Milhão em uma reforma que nas primeiras chuvas alagaram a praça e ficou foi pior.
Agora, o prefeito mente mais uma vez sobre a entrega dos Ecopontos na cidade de São Luís. A VERDADE é que quem está construindo os Ecopontos é a empresa que administra os resíduos sólidos da Capital, a São Luís Engenharia Ambiental – SLEA. Os ecopontos servem na verdade, para facilitar o serviço da empresa nos transporte e destinação final dos resíduos.
Para finalizar, o contrato Nº 046/2012 com SLEA, foi assinado pelo então prefeito João Castelo (in memoriam). E neste contrato previa a construção dos ecopontos.
Simples assim!!!

Jamson Oliveira presidente do COREN

A justiça do Distrito Federal deferiu decisão a favor da diretoria afastada do COREN-MA, encabeçada pelo Enfermeiro Jamson Oliveira,  presidente da diretoria que foi afastada.
 A diretoria afastada  deve voltar ao comando do COREN por esses dias, após a junta entregar o comando do conselho pra quem é de direito e de  quem foi eleito democraticamente pela classe da enfermagem.
Não é de hoje que a diretoria do COREN sofre por perseguição política, tanto de quem não quer deixa o poder e até de forças "ocultas" partidarias e suprapartidária, talvez agora essas aves de mau agouro deixem em paz a classe da enfermagem, após essa derrota, veja a decisão:


Instituto Vladimir Herzog

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

ABRAJI

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja