Assembleia Legislativa do Maranhão

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Prisão de Alberto Youssef em São Luís em 2014, reforça ligação da empresa que gerencia o lixo da capital com doleiro preso pela Lava Jato
Prisão de Alberto Youssef em Hotel de Luxo de São Luís
Investigações da Operação Lava Jato apontaram que Ervino Nitz Filho e André Neves Monteiro Vianna foram sócios em empresas utilizadas pelo doleiro Alberto Youssef, entre elas a Ecourbis, subsidiária da Queiróz Galvão, para lavar dinheiro público em contratos no governo federal, estadual e agora se tem evidências que até municipal, como é caso de São Luís, no Maranhão. Clique aqui e veja as transcrições telefônicas de Alberto Youssef
Ao que tudo indica, a ramificação da organização criminosa se espalhou pelo Brasil e inteiro, e curiosamente o doleiro Alberto Youssef, esteve por diversas vezes em São Luís, sendo que na última, foi preso pela Polícia Federal, num Hotel de Luxo da capital maranhense.
Ervino Nitz Filho, aparece na assinatura do contrato 046/2012 entre a São Luís Engenharia Ambiental e a Prefeitura de São Luís, pelo valor de quase R$ 3 Bilhões, mesmo não tendo participado da licitação. Há cristalinos indícios, que as empresas que participaram do certame eram apenas de fachada, para abrir mão à SLEA, após a prisão do sócio, Ervino deixou a empresa meses depois, no dia 18 de janeiro de 2015.
Prisão do doleiro Alberto Youssef em São Luís
No dia 17 de março de 2014, a Polícia Federal realizou às 5 horas da manhã, uma operação nas dependências do Hotel Luzeiros, em São Luís, e prendeu o doleiro Alberto Youssef.
O doleiro estava na capital para despachar R$ 12 Milhões ao pagamento fraudulento de R$ 113 Milhões em precatórios à construtora investigada na Lava Jato. Investigações apontaram que o doleiro teria vindo três a São Luís. 
Em tempo: este Blog pegou a veia que sangra os cofres públicos de São Luís e vai publicar mais três matérias para desbaratar a "Máfia do Lixo" em São Luís.
E mais: tal qual a Odebrecht que firmou contratos bilionários na região a SLEA também já firmou contrato milionário com pelo menos outro município da Região Metropolitana de São Luís.
quarta-feira, 22 de maio de 2019

Centro de Ensino Desembargador Sarney Costa, no São Francisco foi reforma e entregue à comunidade estudantil
Completamente reformado, o Centro de Ensino Desembargador Sarney Costa foi entregue, hoje (22), pelo Secretário de Educação Felipe Camarão.
A escola foi totalmente reformada, equipada com laboratórios e biblioteca, além de salas climatizadas.
“Hoje a minha parceirinha Juju me acompanhou na entrega do CE Desembargador Sarney, no São Francisco. A escola está muito linda e toda equipada com laboratórios e biblioteca, além de salas climatizadas”, comemorou o secretário, com a entrega de mais uma escola. 
A escola recebeu investimentos de R$ 1.279.383,76 com melhorias na cobertura, revestimento, forro, pavimentação, pintura, instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias, serviços de telefonia, combate a incêndio, climatização, entre outros serviços que trarão mais dignidade à comunidade escolar.
#EscolaDigna



Arraial Pertinho de você inaugura no Sábado, dia 1º de Junho
Faltam apenas 9 (nove) dias para iniciar o maior e já tradicional arraial da história de São Luís. E este ano a programação estará melhor do que todas as edições já realizadas. 
Uma das características do “Arraial Pertinho de Você” é garantir,  além de shows com artistas nacionais, destinar um espaço de destaque aos nossos artistas locais, dos mais diferentes gostos e estilos musicais. 
Este ano, a programação está repleta de muitos artistas nacionais e para começar com o pé direito, daqui a 9 dias, mais precisamente no sábado 1º de Junho, além de muita programação do nosso folclore, terá a apresentação imperdível de Limão com Mel no palco principal do maior arraial de São Luís.
O Arraial Pertinho de Você se encerrará apenas no dia 30 de junho, portanto, serão 30 dias do melhor e mais cultural São João do Brasil!!! Não perca!!!
Venha, traga sua família, junte seus amigos e vamos aproveitar o melhor do São João do Maranhão
Informações: (98) 98502-1956
Realização: Vereador Astro de Ogum
#SãoJoão #ArraialPertinhodeVoce #Alegria #Familia #Diversao 
Em tempo: ah!!! Não esqueça!!! A Entrada é Franca!!!!

Em meio a uma série de denúncias a Secretaria de Estado de Segurança parece que deu “pane”
Prestadores de serviços ao 190 e Disque Denúncia devem paralisar atividades
Prestadores de serviços à empresa CAPELLERRY CONSULTORIAS LTDA estão há quatro meses sem receber nenhum centavo.
Sem salários, sem ticket refeição e sem passagens os trabalhadores devem paralisar as atividades ainda nesta semana.
A empresa Capellerry já recebeu apenas este ano, R$ 472.302,44 (Quatrocentos e Setenta e Dois Mil Reais). Extratos levantados pelo Blog, confirmam que estes valores são referentes apenas o mês de Dezembro de 2018 e Janeiro de 2019.
A Secretaria de Segurança está devendo ainda os meses de Fevereiro, Março, Abril. 
Em tempo: rapaz, parece que o estado está quebrado mesmo.
E mais: ninguém paga ninguém.
Pra Fechar: prestadores de serviços e fornecedores estão com uma chiadeira atrás da outra.

Há duas décadas a desgraça, discórdia e corrupção imperam em Paço do Lumiar
O município de Paço do Lumiar está jogado às traças desde a virada do milênio, há cerca de 20 anos, todos os gestores já foram condenados, denunciados e/ou presos por improbidade administrativa, corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.
Prefeito eleito em 2000, Mábenes Fonseca que prometia “mudar” a cidade de Paço do Lumiar se envolveu em escândalos, crimes e foi parar na Penitenciária de Pedrinhas. O crime mais memorável que se tem da época foi a compra de um vestido, por cerca de R$ 400 Mil que rendeu muita confusão no Paço – o prefeito foi cassado e quem assumiu foi o vice, Gilberto Aroso.
Gilberto Arôso assumiu o mandato em 2003, com o afastamento e a prisão do então prefeito. Daí pra frente até que imprimiu um ritmo de trabalho na cidade, à sombra dos ex-governadores Roseana Sarney e Zé Reinaldo. Gilberto foi reeleito e ficou à frente do município até 2009 – denúncias de crimes de toda espécie, tais como: fraude em licitação, desvio de dinheiro público e improbidade administrativa pesaram contra Gilberto, que foi também parar em Pedrinhas.
Bia Venâncio, eleita em 2009, só ficou até o mandato em 2012, quando foi afastada pela justiça por crime de improbidade administrativa – também foi presa. Ela foi substituída pelo vice, Raimundo Filho, que também foi denunciado pelo Ministério Público.
Outro que prometeu mudar a cara do “Paço” foi Josemar Sobreiro, o “pofeçor”, que assumiu em 2013, e que também realizou uma administração desastrosa na cidade, por pouco não foi preso, mas responde a uma série de inquéritos e processos na justiça, todos interpostos pelo Ministério Público – ele conseguiu finalizar o mandato, com liminares, mas, ainda hoje está muito enrolado com a Justiça.
Eleito em 2016, o famigerado Domingos Dutra, o “Futi”, foi eleito com o discurso da honestidade e moralidade que sempre pregou. Ao assumir, deu logo plenos poderes à esposa Núbia Dutra, que era secretária de tudo em Paço do Lumiar.
Em apenas 2 anos e 5 meses, a dupla Domingos e Neusilene Dutra, não deixam para trás em nada os antigos gestores. O Ministério Público do Maranhão, em Paço do Lumiar já denunciou o casal em cerca de 15 ações por improbidade administrativa, peculato, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, crime de responsabilidade.
E ao que tudo indica, o destino do atual prefeito e da supersecretária nã será outro que não seja a BR 135.  
terça-feira, 21 de maio de 2019
Marcio Jorge confessou o feminicídio à delegada Viviane Azambuja
O agente penitenciário confessou o crime

A Polícia acaba de prender o feminicida confesso da professora Rosiane Costa, que teve seu corpo “desovado” na Universidade Federal do Maranhão, acaba de ser preso pelo departamento de feminicídio da SHPP. O agente penitenciário temporário, Marcio Jorge Lago Marques estava em um bar na Avenida Litorânea.
Marcio confessou o crime à delegada Viviane Azambuja, e agora ficará a disposição da justiça para mais detalhes sobre o crime cruel e covarde que ceifou a vida da professora.
Parabéns, à equipe do departamento de homicídios pela destreza que vem cuidando de casos que a princípio parecem difíceis e são solucionados em tempo hábil.

Baile de Caixa promete ser o mais pedido nos arraiais do São João do Maranhão 2019
Baile de Caixa mistura em suas apresentações danças como côco, cacuriá, bumba meu boi, quadrilhas e outras danças juninas; o grupo é composto por 80 bailarinos e 30 músicos
Um dos maiores grupos tradicionais do Maranhão, o Baile de Caixa está a todo vapor para a temporada junina 2019. A atração é ligada à Companhia Raízes da Ilha, que já prepara os ensaios  para apresentar um dos maiores e melhores espetáculos da temporada do nosso São João do Maranhão.
Este ano, o grupo está reunindo 80 membros do corpo de baile e 30 músicos. O Baile de Caixa é uma síntese de tudo o que rola de melhor em nossa cultura popular, tais como a danças côco, cacuriá, Bumba-meu-boi, quadrilha e muita coisa que só o São João do Maranhão tem.
Com quase uma década de existência, o Baile de Caixa aposta no que tem de melhor de nossa cultura para levar até o público uma mistura de ritmos e encantar a temporada junina.
Na agenda, além das apresentações nos arraiais de São Luís, o grupo que já realizou várias apresentações pelo Brasil a fora e também no Festival Internacional de Folclore, já está fechado com todos os locais garantidos pelo Governo do Maranhão, por meio do edital da Secretaria de Estado da Cultura.
Com músicas próprias e uma atração imperdível para o São João, o grupo ainda conta com a grade particular para contratos e parcerias neste período junino.
Os contatos para apresentações podem serem realizados pelo Whatsapp: 98 98205-0595.

 Na contramão do momento de recessão que o Brasil passa, com ameaças de extinção de cursos superiores e cortes de verbas na educação, o Governo do Maranhão quebra o tabu mais   uma vez  e vence paradigmas,mostra  que só se consegue um avanço social com investimentos na educação, como é o caso do projeto "Escola Digna", que valoriza o professor e transformas escola de taipa em escolas estruturadas de alvenaria.
O exemplo são essas escolas que estão sendo entregues de forma responsável e com o respeito que a educação merece.

O secretário Felipe Camarão se pronunciou nas redes sociais sobre  as escolas que estão sendo entregues esse mês; "O governo Flávio Dino concretiza mais dois sonhos pela educação: substitui mais uma escola de taipa por uma de alvenaria equipada em Paulino Neves, e entrega a reforma da bela Raimundo Araújo, escola integral, em Chapadinha, oportunizando futuro certo para centenas de jovens!, Disse Felipe Camarão.


segunda-feira, 20 de maio de 2019

Pedido de Impeachment contra o prefeito de São Luís entrou em pauta e foi votado pelo vereadores
Os vereadores de São Luís iniciaram votação nesta segunda-feira (20), para acolher ou não um pedido de impeachment contra o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). A denúncia foi formalizada pelo advogado Pedro Michel da Silva Serejo.
VEJA COMO VOTOU CADA VEREADOR
1 Estevão Aragão (SIM)
2 Barbara Soeiro (NÃO)
3 Raimundo Penha (NÃO)
4 Paulo Victor (NÃO)
5 Marcelo Poeta (NÃO)
6 Antônio Garcêz (NÃO)
7 Genival Alves (NÃO)
8 Marquinhos (NÃO)
9 Astro (NÃO)
10 Pereirinha (NÃO)
11 Nato Júnior (NÃO)
12 Pavão Filho (NÃO)
13 Aldir Júnior (NÃO)
14 Beto Castro (NÃO)
15 Fátima Araújo (NÃO)
16 Ricardo Diniz (NÃO)
17 Honorato (ABS)
18 Marcial Lima (SIM)
19 Chaguinhas (NÃO)
20 Dr. Gutemberg (NÃO)
21 Umbelino Júnior (NÃO)
22 Josué Pinheiro (NÃO)
23 Joãozinho Freitas (NÃO)
24 Sá Marques (NÃO)
25 Edson Gaguinho (NÃO)
26 Chico Carvalho (ABS)
27 Pereirinha (NÃO)
28 Afonso Manuel (NÃO)
29 Cezar Bombeiro (SIM)
30 Osmar Filho (PRESIDENTE)
31 Silvino Abreu (NÃO)

Famem realiza amanhã (21), Seminário que vai discutir iluminação pública
Erlânio Xavier - Presidente da Famem
A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Famem, promove amanhã, terça-feira (21), no Hotel Rio Poty (Avenida dos Holandeses – Ponta D´Areia), entre 9 e 12 h, o Seminário “Iluminação das Cidades: Dificuldades enfrentadas pelos municípios com as distribuidoras de energia e novas tecnologias”.
Durante o evento, os gestores discutirão as principais condutas e procedimentos que as distribuidoras vêm praticando em relação a cobranças indevidas nas faturas de consumo estimado de parques e logradouros públicos.
“Pretendemos esclarecer aos gestores como vêm ocorrendo as cobranças e como devemos proceder pelos meios técnicos, administrativos e jurídicos para solucionar o problema de cobranças injustas não condizentes com o consumo”, observou o presidente da Famem, Erlanio Xavier.
O ponto alto do evento será a palestra do advogado e especialista no segmento, Alfredo Gioielli. Autor de diversos pareceres publicados em revistas jurídicas e do segmento da iluminação pública voltado para a área de licitações, Gioielli vem desde 1995 auxiliando na viabilização de projetos de eficiência energética e modernização de parques de iluminação. Teve passagem pela Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux) e Associação Brasileira de Empresas de Serviços de Iluminação Urbana (Abrasi).
No evento serão apresentadas novas tecnologias que estão sendo incorporadas à iluminação pública.
Segundo o especialista, a municipalização da iluminação pública foi judicializada, suscitando a discussão sobre a qualidade jurídica da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para atuar no processo de transferência. Ele destaca ainda que a criação da Contribuição de Iluminação Pública, CIP, teve como essência e justificativa dar cobertura às contas de consumo. “O objetivo deste seminário é esclarecer sobre as principais condutas que os gestores devem adotar em relação às transferências dos ativos de iluminação da união para os municípios”, destaca Alfredo Gioielli.
Para Gioielli, os gestores se veem em situação de conflito quando têm que criar novos impostos para cumprir um serviço público essencial à população. Em todo país, os tribunais de contas vêm suspendendo as licitações referentes à iluminação pública, ao mesmo tempo que têm orientado sobre o que não pode ser inserido nos editais que conduzem o processo. Por uma questão de preservação do erário e de maneira pedagógica, as Procuradorias dos municípios brasileiros também têm analisado a possibilidade, ou não, de ingressar com ação rescisória de contratos de licitação. Gioielli tem recomendado aos gestores municipais a realização de estudo sobre impactos financeiros destes contratos.
Gioilli pontua que um dos requisitos indispensáveis para que o gestor faça análise e receba os ativos de iluminação é a elaboração do plano de repasse que a concessionária deve informar ao município, com relatório detalhado do ativo imobilizado, contendo o número de pontos de iluminação, em logradouros, bairros e pontos de referências transversais, além de registro fotográfico, coordenadas geográficas entre outros detalhes.

O MAIOR ARRAIAL DE SÃO LUÍS

O MAIOR ARRAIAL DE SÃO LUÍS

Instituto Vladimir Herzog

Repórteres Sem Fronteiras

Repórteres Sem Fronteiras

ABRAJI

Cotação do Dolar

Perfil

Contatos: 98 9121-1313
Whastapp: +55 98 9121-1313
Email: blogdofilipemota@gmail.com

Facebook

Sarará Grill

Sarará Grill
Encontro de amigos com Churrasco, Futebol e Cerveja